Canal VE

13 de abril de 2024

Saiba agora se carro elétrico parado descarrega a bateria

Carro amarelo elétrico com o espaço pra carregar aberto

Tire suas dúvidas sobre baterias de carros elétricos. Foto: Envato/Elements.

Motoristas de carros elétricos precisam se preocupar com o estado de suas baterias, afinal, é essencial saber como cuidar de uma das partes mais importantes de um veículo movido a eletricidade.

Para aqueles que pretendem deixar o carro na garagem por um tempo, surge a dúvida se a bateria pode descarregar mesmo com o carro parado.

Paralelamente, donos de carro a combustão têm uma preocupação parecida, já que a gasolina pode vencer se não queimada no motor.

Embora a eletricidade não tenha prazo de validade, a questão sobre a bateria descarregar com o carro parado ainda deixa dúvidas. Para responder a essa e outras perguntas, o Canal VE entrevistou o diretor de vendas e marketing da BYD, Henrique Antunes:

A bateria do carro elétrico descarrega com ele parado?

Sim, mas muito pouco. Antes de tudo, é preciso entender que um veículo elétrico (VE) não para de funcionar completamente, mesmo sem a chave ou com o botão desligado

“Quando o carro desliga, algumas funções ficam em modo stand by. Essas funções, mesmo consumindo pouca bateria, em um longo período de tempo sem uso, podem causar uma diferença mínima no SOC (estado de carga) da bateria”, segundo Antunes.

A estimativa é que a cada 6 meses, a bateria dos carros da BYD descarregue cerca de 2% por conta das funções em stand by.

Faz mal deixar a bateria do carro elétrico chegar a 0%?

Foto de uma bateria de carro da byd na frente de um painal
Baterias em geral operam melhor entre 20% a 80%. Foto: Divulgação/BYD.

Pode fazer, mas só na vida útil a longo prazo. A verdade é que nenhuma bateria “gosta” de operar em 0%, porque isso pode prejudicar a sua capacidade de reter carga. O ideal é que se mantenha os níveis entre 20% a 80% em qualquer aparelho que utilize baterias

“Isso significa que se você operar um veículo elétrico sempre de 0% a 100% de bateria, vai diminuir a autonomia ou prejudicar o carro de alguma forma? Não” explica o diretor de marketing. “O que pode acontecer é que depois de 10 anos de uso, o carro que operou no intervalo desejável de bateria terá uma condição em torno de 3% melhor do que o modelo que não seguiu essas recomendações”.

Leia também:

Como fazer a bateria do carro elétrico durar mais?

Você não precisa, o carro faz isso por você. É claro que o ideal seria utilizar a bateria no intervalo de 20% a 80%, como explicado acima. 

Mas a tecnologia evoluiu. Agora, os carros elétricos possuem mecanismos para proteger a bateria de hábitos que podem causar danos a ela, como explica Antunes.

“Quando você coloca o carro em um carregador muito rápido, o sistema das baterias limita a velocidade de carga”, diz. “Mesmo que a bateria chegue a 0%, existe uma margem de segurança que mantém a bateria ativa”, completa.

Além disso, o carro possui um sistema de refrigeração para diminuir a temperatura caso a bateria aqueça muito durante a recarga.

É possível reciclar a bateria de um carro elétrico após muitos anos de uso?

Uma mão com luva azul carregando a bateria
A BYD possui uma fábrica de reciclagem para baterias na China. Foto: Envato/Elements.

Sim, na China a BYD possui uma fábrica de reciclagem de baterias. “Para além da questão ambiental, a reciclagem é uma fonte de lítio para novas baterias”, argumenta o especialista.

Existem dois caminhos possíveis para a bateria no fim da sua vida útil. Caso ela ainda tenha capacidade mínima, poderá ser utilizada como sistema estacionário de armazenamento de energia, como um banco de baterias, por exemplo. Mas, se o item estiver completamente inutilizado, ele é designado para a fábrica de baterias onde o lítio é extraído e os demais componentes são reutilizados.

Qual é o tempo de vida útil de uma bateria para carro elétrico?

Na verdade, a vida útil dos carros elétricos é contada por ciclos de carregamento, sendo um ciclo igual à distância percorrida pelo carro para a bateria ir de 100% a 0%. 

No caso da BYD, o número de ciclos necessários para degradar a autonomia do carro é de mais de 1 milhão de quilômetros.

Mas a boa notícia é que os donos dos carros da BYD possuem garantia de bateria de oito anos, sem limite de quilometragem.

O que acontece quando a bateria chega a 100% e o carro permanece conectado na tomada? Há risco de explosão?

Carregador carrgando um carro elétrico preto, com uma luz azul
Os carros da BYD possuem sensores para indicar quando a bateria está completamente carregada. Foto: Envato/Elements.

Não, porque o carregador e o carro se comunicam em cada etapa de carregamento. Quando o veículo elétrico chega a 100%, o carregador para de mandar energia, e o VE, para de receber.

Os carros da BYD, além desse sistema, avisam os motoristas quando a bateria está completamente carregada, e para de carregar. 

Mas atenção, antes de colocar seu carro para carregar, certifique-se de que está utilizando um carregador com todas as certificações internacionais, porque isso vai garantir todas as funções de segurança obrigatórias, inclusive a que interrompe o carregamento quando necessário.

Ler o Anterior

Aeroporto de Manaus inclui na frota caminhão 100% elétrico

Ler o Próximo

CEO da Volkswagen confirma que Golf e Tiguan serão elétricos

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular