Canal VE

20 de julho de 2024

CPQD instalará até 53 estações de recarga em rodovias paulistas

Sede do CPQD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Telecomunicações), na cidade de Campinas-SP

O projeto piloto da CPQD conta com parcerias estratégicas, como CPFL e Incharge, além de outras empresas. Foto: Divulgação/CPQD

O CPQD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Telecomunicações), empresa brasileira de pesquisa e desenvolvimento na área de TI, instalará de 43 a 53 pontos de recarga em rodovias do estado de São Paulo

O projeto é um piloto e uma aposta do CPQD para o avanço das energias renováveis. Para o fornecimento de energia dos pontos de recarga, a empresa fechou uma parceria com a CPFL.

“Temos um grande projeto de mobilidade elétrica com a CPFL voltada para eletropostos. E temos desenvolvido esse tipo de equipamento e transferido essa tecnologia para várias indústrias nacionais”, afirmou Frederico Nava, diretor de tecnologia e novos produtos do CPQD.

Para o desenvolvimento e produção das estações de recarga, o CPQD conta com parcerias estratégicas, como, por exemplo, a Incharge, fabricante de carregadores para veículos elétricos. O CPQD desenvolveu também um aplicativo para gerir a infraestrutura dos postos de carregamento e verificar o melhor local para recarregar as baterias dos veículos elétricos, incluindo a possibilidade de reservar um horário num determinado eletroposto.

O local dos pontos de recarga ainda não foram definidos, mas devem ser instalados principalmente em rodovias no Estado de São Paulo, e dentro de algumas cidades, como Campinas e São Paulo, por exemplo.

Núcleo de Evolução Tecnológica

No dia 2 de outubro de 2023, o CPQD inaugurou um centro de pesquisa e desenvolvimento voltado para conectividade e energias renováveis, o Núcleo de Evolução Tecnológica. O local contará com diversos laboratórios integrados, com objetivo de atender a novas demandas do mercado de energia sustentável.

Para a mobilidade elétrica, o espaço conta com o desenvolvimento de pontos de recarga destinados aos carros elétricos e uma plataforma de mobilidade elétrica, destinada a gerenciar a infraestrutura de eletropostos para recarga de baterias.

“O CPQD já vem desenvolvendo, há vários anos, tecnologias de armazenamento de energia para sistemas de geração distribuída e plataformas de mobilidade elétrica”, afirma Aristides Ferreira, gerente de soluções em energia do CPQD.

Ler o Anterior

Com célula de hidrogênio, GWM inova no VE Latino-Americano

Ler o Próximo

Brasil tenta ser protagonista na descarbonização da mobilidade

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular