Canal VE

20 de julho de 2024

Por R$ 115.800, BYD Dolphin Mini é lançado oficialmente em SP

BYD Dolphin Mini andando pelas ruas de São Paulo

O BYD Dolphin Mini teve seu preço anunciado oficialmente: R$ 115.800. Foto: Divulgação/BYD

A BYD apresentou hoje seu novo carro elétrico de entrada para o Brasil, o Dolphin Mini. O modelo chega ao mercado nacional custando R$ 115.800 e se tornou um dos modelos elétricos mais baratos do Brasil. 

O evento de lançamento do BYD Dolphin Mini aconteceu na cidade de São Paulo, com apresentação de Luciano Huck. Além de trazer mais detalhes sobre o carro, o evento foi responsável por revelar o preço oficial do BYD Dolphin Mini. 

Cabe relembrar que as pré-vendas desse modelo começaram no domingo, justamente no Domingão com Huck, mas sem apresentar o preço. Entre os ganhos anunciados na abertura para pré-compra do carro elétrico, estão os R$ 10 mil de bônus e um carregador wallbox gratuito. Além disso, de acordo com os números atualizados no fim da apresentação, desde domingo à tarde, o Dolphin Mini teve mais de 6.500 unidades reservadas.

O valor do BYD Dolphin Mini ficou acima do esperado pelo mercado, que imaginou algo na casa dos R$ 100 mil. Entretanto, a montadora se dispôs a garantir benefícios que, de acordo com a própria apresentação, tornam o modelo compatível com o esperado.

Expectativa da BYD de novo “efeito Dolphin” 

A montadora chinesa espera que o Dolphin Mini tenha o mesmo efeito dentro do mercado nacional, como teve o Dolphin convencional. 

“O BYD Dolphin revolucionou o mercado de carros elétricos do Brasil em um curto espaço de tempo. Agora chega o BYD Dolphin Mini, que antes mesmo de ser lançado já causou um grande alvoroço e enorme expectativa no mercado brasileiro. Traz uma nova proposta urbana, com soluções inovadoras, alta tecnologia, alta eficiência energética e excelente relação custo/benefício, com perfil jovem, descolado, urbano, conectado”, destaca Tyler Li, presidente da BYD Brasil. 

De acordo com a BYD, o modelo rompe com os padrões apresentados pela velha indústria até o momento e quer resgatar o desejo do jovem de ter seu próprio veículo com o BYD Dolphin Mini.

BYD Dolphin Mini branco dentro de um túnel
A montadora chinesa espera que o BYD Dolphin Mini cause no mercado brasileiro o mesmo efeito que o Dolphin causou. Foto: Divulgação/BYD

Características do BYD Dolphin Mini 

Superando o Dolphin padrão, a versão de entrada passa a ter a melhor eficiência energética do país, com 0,41 MJ/km, contra 0,42 MJ/km do carro elétrico mais vendido do país. Esse valor apresentado pelo Dolphin Mini, se comparado a um veículo movido a gasolina, teria o consumo de 70 km/litro equivalente. 

Além disso, o motor elétrico com potência de 75 cv com torque máximo de 135 Nm. O modelo acelera de 0 a 100 km/h em 14,9 segundos e pode chegar à velocidade máxima de 130 km/h

BYD Dolphin em um galpão para test drive
BYD Dolphin Mini disponível no Brasil é equipado com a bateria Blade BYD (LFP) de 38 kWh. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

Equipado com a tradicional bateria Blade BYD (LFP) de 38 kWh, o Dolphin Mini possui uma autonomia de 280 km, segundo dados divulgados pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro. O modelo ainda pode ser carregado facilmente em qualquer tomada comum de 127V ou 220V. O BYD Dolphin Mini também pode ser recarregado de 30% a 80% em menos de 30 minutos, em um carregador de corrente contínua (DC). 

Em comparação com o Dolphin, o BYD Dolphin Mini é um pouco mais alto – cerca de um centímetro a mais – chegando a 1,58m de altura. Possui 1,71m de largura e 3,78m de comprimento total, sendo 34,5 cm a menos que o Dolphin. Um dos pontos de destaque e diferenciais no Dolphin Mini é o seu entre-eixos de 2,50m, garantindo mais espaço e conforto na categoria de subcompacto.

Parte interna do BYD Dolphin Mini
O modelo conta com características que surpreendes para um veículo de entrada, como a já tradicional tela giratória da BYD. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

Vantagens de parceiros para o BYD Dolphin Mini 

Conforme informado pela montadora chinesa durante a apresentação do veículo, além do bônus de R$ 10 mil anunciado no início da pré-venda, a BYD anunciou que o modelo será entregue com carregador wallbox incluso. 

Parceiros da BYD, a Raízen também anunciou que premiará as primeiras 3 mil pessoas que reservaram o BYD Dolphin Mini com energia renovável solar gratuita durante todo o ano de 2024

Outra empresa parceira da BYD, a 99, também está entre as empresas com vantagens para o motorista de aplicativo que adquirir um Dolphin Mini. Para motoristas parceiros que registrarem o BYD Dolphin Mini no aplicativo, a taxa de uso da plataforma será reduzida em 50%, passando a custar R$ 9,99 durante o período de 6 meses. De acordo com Thiago Hipolito, diretor de inovação da 99, essa redução pode gerar uma economia para o motorista de até R$ 6 mil reais. E para motoristas que adesivarem o carro com detalhes da 99, essa taxa será zerada

Alexandre Papa, head de concessionárias e parcerias do Santander, também trouxe incentivos para o financiamento do BYD Dolphin Mini. Para clientes que optarem pelo financiamento do modelo, a taxa será de 0,99% com parcelas a partir de R$ 920.

BYD Dolphin Mini sendo recarregado em um galpão
Além dos bônus de pré-venda estabelecidos pela BYD, parceiros da marca no Brasil também garantem condições especiais na aquisição do veículo. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

Ler o Anterior

Para concorrer com chineses, Renault 5 é lançado na Europa

Ler o Próximo

Ford anuncia o início das vendas da E-Transit para o fim de março

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular