Canal VE

13 de abril de 2024

BYD inicia pré-venda do Dolphin Mini com bônus de R$ 10 mil

BYD Dolphin Mini amarelo estacionado em frente a uma casa vermelha

O BYD Dolphin Mini já pode ser pré-encomendado através do Mercado Livre, com bônus de R$ 10 mil. Foto: Divulgação/BYD

A BYD iniciou a pré-venda de um dos modelos mais aguardados do ano, o Dolphin Mini. O subcompacto elétrico foi apresentado neste domingo para todo o Brasil durante o programa Domingão com Huck, na TV Globo. Após mostrar o carro, o apresentador Luciano Huck deu início à pré-encomenda do modelo para o mercado nacional. 

Apesar de ainda não revelar o preço oficial, a montadora anunciou um bônus de R$ 10 mil para quem realizar a pré-compra do modelo por meio do site do Mercado Livre. A expectativa é que o preço fique na faixa dos R$ 100 mil

Em um primeiro momento, o BYD Dolphin Mini será vendido em uma única versão aqui no Brasil, em uma configuração com quatro lugares. Há a previsão de que posteriormente a BYD lance uma versão com espaço para 5 pessoas.

Dois BYD Dolphin Mini, um branco e um amarelo estacionados
O preço, que será revelado oficialmente no dia 28 de fevereiro, deve ficar na casa dos R$ 100 mil. Foto: Divulgação/BYD

Características divulgadas do BYD Dolphin Mini

O BYD Dolphin Mini desembarca no Brasil com um motor elétrico de 75 cv de potência e torque máximo de 135 Nm. Com essas características, o veículo pode acelerar de 0 a 100 km/h em 14,9 segundos. No quesito eficiência energética, com 0,40 MJ/km, o Dolphin Mini toma o primeiro lugar no país de outro modelo da BYD, o Dolphin, que possui 0,42 MJ/km. 

Com relação à bateria Blade, a pré-venda revelou que o Dolphin Mini no Brasil será comercializado com a maior versão, com capacidade para 38 kWh (a outra possibilidade para o carro é de 30 kWh). Assim, a autonomia é de até 280 quilômetros, de acordo com o PBEV do Inmetro — no ciclo chinês, a autonomia para essa versão de bateria pode chegar a 405 km. O tempo de recarga rápida (DC) fica em 30 minutos, isso para carregar a bateria de 30% a 80%. 

No tamanho, o Dolphin Mini surpreende. O modelo, apesar de ser classificado como um subcompacto, tem medidas semelhantes a veículos compactos, como o Hyundai HB20, Chevrolet Onix e VW Polo. O novo carro da BYD conta com 3,78 metros de comprimento, 1,71 m e largura e 1,58 m de altura, além de uma distância entre-eixos de 2,50 m

O modelo também conta com a já tradicional tela giratória dos veículos da BYD, essa de 10,1 polegadas, como central multimídia. Entre os bancos do motorista e do passageiro, há um carregador de celular por indução. O veículo possui quatro opções de cores: Sprout Green, Polar Night Black, Peack Pink e Apricity White. 

O subcompacto da BYD tem garantia de cinco anos ou 500 mil quilômetros, enquanto a validade da garantia para a bateria é de 8 anos sem limite de quilometragem. Ambas as condições de garantia não são válidas para motoristas que exerçam atividade remunerada de direção de veículos de passeio para transporte de passageiros e também para locadoras de veículos.

Parte interna do BYD Dolphin Mini
Internamente o modelo conta com a tradicional central multimídia giratória da BYD, com uma tela de 10,1 polegadas. Foto: Divulgação/BYD

Como fazer a pré-compra do BYD Dolphin Mini

A BYD, assim como sua concorrente, GWM, está utilizando o Mercado Livre como plataforma para a pré-encomenda do Dolphin Mini. 

Para os interessados, o passo a passo é simples: basta preencher um formulário e, após isso, realizar o pagamento do sinal de R$ 10 mil (que será repassado como bônus na entrega do veículo). Após a confirmação do pagamento do sinal e do lançamento oficial do veículo, o cliente terá até cinco dias para concluir o pagamento do veículo. 

Vale ressaltar que cada CPF ou CNPJ tem direito a comprar 02 unidades de BYD Dolphin Mini.

BYD Dolphin Mini amarelo estacionado
O sinal de R$ 10 mil, pago na pré-compra, será revertido em bônus no preço final do BYD Dolphin Mini. Foto: Divulgação/BYD

Ler o Anterior

Hyundai investirá R$ 5,4 bilhões em carros elétricos no Brasil

Ler o Próximo

Empresa de energia solar quer instalar mil carregadores até 2025

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular