Canal VE

13 de abril de 2024

Para concorrer com chineses, Renault 5 é lançado na Europa

Renault 5 E-Tech verde em apresentação

Renault 5 E-Tech foi apresentado pela montadora francesa para combater os avanços das marcas chinesas na Europa. Foto: Divulgação/Renault

O Renault 5 E-Tech é o novo modelo apresentado pela montadora francesa como carro elétrico de entrada, substituindo o Zoe. O modelo conta com traços retrô em referência ao sucesso antigo da marca, com o mesmo nome, mas movido a combustão, produzido entre os anos de 1972 e 1996. 

O novo veículo da Renault conta com três versões com níveis de potência distintos, derivadas do Megane E-Tech e Scenic E-Tech. A versão de entrada contará com um motor de 70 kW (95 cv), a intermediária com 88 kW (120 cv) e, por fim, o mais potente, com 110 kW (150 cv). 

Com relação à bateria, os franceses afirmam que inicialmente o modelo estará disponível apenas com a bateria maior de 52 kWh, o que gera uma autonomia entre 300 e 400 quilômetros de acordo com o WLTP, embora a homologação ainda não tenha sido concluída. 

No lançamento, o motor disponível será o mais potente, de 110 kW. De acordo com a montadora, o R5 possui uma velocidade máxima de 150 km/h e aceleração de 0 a 100 km/h em menos de oito segundos

Apesar de não possuir uma data oficial para o Brasil, estima-se que o Renault 5 deve desembarcar no mercado nacional em 2025.

Renault 5 E-Tech azul em apresentação
O Renault E-Tech deve chegar ao mercado brasileiro apenas em 2025. Foto: Divulgação/Renault

Planos para o Renault 5 E-Tech

Anunciado como protótipo em 2021, o carro já trazia indícios de que o Renault 5 E-Tech viria com um conceito “retrofuturista”, que alinha o design moderno com traços clássicos.

Com esse “saudosismo” apresentado pela Renault, o objetivo é fazer com que o modelo elétrico consiga ter o mesmo sucesso que a versão clássica teve entre os anos 70 e 80.

Com um preço relativamente acessível para o mercado europeu (25 mil euros, o equivalente a R$ 134 mil), os franceses pretendem frear o rápido crescimento de montadoras chinesas. Em via de comparação, o BYD Dolphin está disponível na Europa com versões a partir de 33.990 euros (aproximadamente R$ 182 mil). 

“Face às mudanças significativas na nossa indústria, este veículo abre um novo caminho para a Renault. Está no centro da batalha para reinventar a indústria europeia contra a concorrência vinda do Oriente e do Ocidente”, afirma Luca de Meo, CEO do Grupo Renault.

Parte interna do Renault 5 E-Tech
A parte interna do Renault 5 E-Tech apresenta uma parte interna bastante tecnológica para um carro de entrada. Foto: Divulgação/Renault

Acessórios curiosos

O Renault 5 E-Tech foi apresentado para o mercado europeu com acessórios, no mínimo, curiosos, como estofamento em tecido jeans, seletor de marchas que se assemelha a um estojo de batom e até mesmo um porta-baguetes, acoplado à direita do console central. Resta saber se essas “extravagâncias” serão mantidas para os outros mercados.

Parte interna do Renault 5 E-Tech
O modelo possui alguns acessórios curiosos em sua lista de opcionais, como uma cesta para transportar baguete (foto). Foto: Divulgação/Renault

Ler o Anterior

Empresa de energia solar quer instalar mil carregadores até 2025

Ler o Próximo

Por R$ 115.800, BYD Dolphin Mini é lançado oficialmente em SP

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular