Canal VE

14 de junho de 2024

Mercado de VEs vai movimentar mais de R$ 324 bilhões até 2040

Carros trafegam por avenida movimentada de São Paulo, com a Ponte Octávio Frias ao fundo

Até 2040, 20% da frota de automóveis do Brasil será elétrico Foto: Envato/Elements

Com base no atual crescimento do mercado de veículos elétricos no Brasil, a previsão é de que até 2040, os veículos elétricos irão representar 20% de toda a frota nacional, segundo a McKinsey, que divulgou o resultado desse estudo na C-Move Sul. 

A mesma pesquisa aponta que a comparação do TCO (Custo Total de Propriedade) deve ser um fator decisivo para a transição energética. Para veículos de segmento médio, o TCO de um carro elétrico já é menor do que de um veículo à combustão, para casos de uso intenso (mais de 150 km/dia). Até 2030, ele será inferior também para veículos comerciais e de uso pessoal, com menos quilometragem diária.

O estudo acompanha os dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), que apontam o crescimento do mercado ano após ano. No ano de 2022, foram emplacados 49,3 mil automóveis e comerciais leves elétricos e híbridos, esse número é 41% maior do que em 2021. O número é expressivo por representar cerca de 37% da atual frota nacional de eletrificados, estimada em torno de 135 mil automóveis comerciais e leves.

Em 2023, o movimento de alta se mantém, tanto que, até abril, os emplacamentos de autos e leves no Brasil acumulam evolução de quase 51%, número acima da alta prevista no mercado mundial, que deve crescer 35% em 2023.

O segmento de micromobilidade elétrica e transporte público elétrico também devem desempenhar um papel importante nas cidades brasileiras. Em São Paulo, até 2024, 2,6 mil ônibus elétricos farão parte da frota de transporte público municipal. Na região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina, ônibus elétricos irão interligar 11 municípios e os deslocamentos serão integrados com sistemas de micromobilidade (patinetes, bicicletas e afins).

trânsito com carros em cima de pontes
Até abril de 2023, o crescimento do mercado eletrificado atingiu quase 51%. Foto: Envato/Elements

Infraestrutura de recarga e energia

A área de recarga no país demandará mais investimentos para acompanhar todo esse crescimento nas vendas de veículos elétricos, segundo o IEA (Agência de Energia Internacional). 

Mesmo com a frota ainda tímida, o Brasil tem um dos maiores índices de veículos elétricos por carregadores públicos (pouco mais de 30 veículos por carregador) e a velocidade média de carregamento também é baixa (menos de 1kW por veículo). A média mundial é de cerca de 10 veículos por carregador público e mais de 2kW por veículo.

A geração de energia, no entanto, não deve ser um problema. Conforme o estudo, elaborado pela ANFAVEA (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), em parceria com o BCG – Boston Consulting Group, a demanda de energia para abastecer os veículos elétricos em 2035, quando, em tese, a venda de eletrificados responderia por 62% dos emplacamentos anuais, seria de apenas 1,5% da energia elétrica consumida no Brasil em 2019.

Leia maisCarreata em São Paulo celebrará o Dia da Mobilidade Elétrica

O Canal VE apoia o Dia da Mobilidade Elétrica.

Serviço

Dia da Mobilidade Elétrica

Quando: 27/05/2023, a partir das 9h, Rua Treze de Maio, 1.642, São Paulo (SP).

Programação:

9h: Concentração na Rua Treze de Maio (altura do número 1.642), na Bela Vista, São Paulo. Para quem quiser participar com seus veículos elétricos – ou para quem quiser percorrer o trajeto em ônibus elétricos, disponibilizados pela organização do evento.

10h: Saída da carreata gratuita, com destino à Praça Charles Miller, no Pacaembu, com expectativa de chegada às 12h.

12h às 17h: Na Praça Charles Miller haverá diversas atrações para o público, como test drive/ride, exibição de veículos, tecnologias agregadas, food trucks, apresentações artísticas e espaço kids.

Ler o Anterior

Transporte público e delivery aceleram a eletrificação no Brasil

Ler o Próximo

Osten Group disponibilizará veículos para test drive no DME

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular