Canal VE

14 de junho de 2024

Grupo Equatorial Energia lança Rota Elétrica Mercosul no RS

Ponto de recarga da Rota Elétrica Mercosul

O caminho de 1.000 km da Rota Elétrica Mercosul, terá 10 eletropostos de carga rápida. Foto: Divulgação/CEEE

A Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), do Rio Grande do Sul, inaugurou a Rota Elétrica Mercosul. O caminho, com 1.000 km de extensão, vai do extremo sul do estado, na cidade de Chuí, até o litoral norte, na cidade de Torres, e conta com 10 eletropostos pela rodovia que interliga esses municípios.

A rota é resultado do projeto de pesquisa “Rota Elétrica Mercosul – Suporte ao Desenvolvimento e Gerenciamento para Mobilidade Inteligente”, que foi aprovado pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). O recurso, no total de R$ 18 milhões, será disponibilizado pela CEEE Grupo Equatorial Energia, e será executado pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

“Queremos fomentar o processo de transição energética e descarbonização. A falta de infraestrutura para o abastecimento dos veículos elétricos nas rodovias brasileiras é um dos principais obstáculos a serem superados para a propagação dessa modalidade de transporte, assim como o custo ainda elevado desses automóveis”, afirma Sérgio Rodrigo Pereira de Araújo, superintendente de digital, inovação e projetos estratégicos do Grupo Equatorial Energia.

Com relação à potência dos carregadores, o número exato não foi informado, mas, segundo o CEEE, os equipamentos serão de recarga rápida, com tempo estimado de até 30 minutos para o serviço. 

As estações de recarga estão localizadas nas cidades de: Santa Vitória do Palmar/Chuí, Santa Vitória do Palmar/Curral Alto, Jaguarão, Rio Grande, Pelotas, Cristal, Barra do Ribeiro, Eldorado do Sul, Osório e Torres.

Ponto de recarga da Rota Elétrica Mercosul
Os 10 eletropostos vão do Chuí, no extremo sul, a Torres, no litoral norte do Rio Grande do Sul. Foto: Divulgação/CEEE

Ligação com países vizinhos

O corredor elétrico possibilitará, por exemplo, ir até o Uruguai, que também possui uma rota para recarga de veículos elétricos. A partir do Uruguai, também será possível chegar a Buenos Aires, capital da Argentina, pelo estuário do Prata. Há também o caminho para o Paraguai, por meio das estações de recarga da Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina) e da Copel (Companhia Paranaense de Energia).

“O vizinho Uruguai já tem uma quantidade enorme de eletropostos, a Argentina também está se desenvolvendo. A Rota Elétrica Mercosul nos integra a esse cenário, visto que os três estados da região Sul do Brasil recebem muitos turistas que vêm desses países, sobretudo no verão. Vamos colocar à disposição uma rota elétrica, barateando a viagem e contribuindo para o turismo da região ser ainda mais atrativo”, comenta Sérgio.

Ler o Anterior

BYD Energy passa a oferecer nova linha de carregadores para VEs

Ler o Próximo

Casal britânico completa viagem em carro elétrico de polo a polo

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular