Canal VE

24 de junho de 2024

Confira os destaques da abertura do VE Latino-Americano, em SP

Exposição de veículos e sistemas voltado para a eletromobilidade no VE Latino-Americano

Durante o evento, que acontece entre os dias 5 e 7 de outubro, haverá exposições e bate-papo voltado para a eletromobilidade. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

A partir de hoje, dia 5 de outubro, até o dia 7, vai acontecer o evento Veículo Elétrico Latino-Americano, que inclui uma feira com diversas empresas expondo produtos ligados à eletromobilidade e, também, paralelamente, o Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos (C-MOVE). O congresso será realizado somente hoje e amanhã, das 9h às 19h.

O evento, que acontece no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte, em São Paulo, visa expor as novidades da eletromobilidade no Brasil e propor o encontro de pessoas para a troca de experiências voltadas para o setor.

As exposições trazem as novidades do setor e possíveis lançamentos das marcas, como o sistema de célula de hidrogênio trazido pela GWM para o VE Latino-Americano.

“A promoção da eletromobilidade está alinhado aos interesses das cidades, em especial nos sistemas de transportes. Eventos como esse fortalecem o setor, já que possibilitam a troca de experiências entre todos os envolvidos na eletromobilidade”, comenta Ricardo Guggisberg, presidente do Instituto Brasileiro de Mobilidade Sustentável e organizador do evento.

Exposição de veículos e sistemas voltado para a eletromobilidade no VE Latino-Americano
Grandes marcas estão presentes no evento para mostrar seus projetos e novidades para o mercado. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

Boas perspectivas para os VEs no Brasil

O evento, durante a abertura, contou com a participação do presidente da ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), Ricardo Bastos, que ressaltou a importância de eventos como o VE Latino-Americano. O presidente também alertou aos visitantes sobre o espaço no mercado que os veículos eletrificados estão tendo.

“Começamos o ano com previsão de 70 mil unidades, e agora já estamos na terceira revisão dessa projeção, que agora, deve ser de 80 mil veículos eletrificados vendidos em 2023”, explica Ricardo.

Mas, junto ao crescimento acima do esperado por parte dos eletrificados, Ricardo faz um alerta e pede atenção para algo além dos carros: a infraestrutura de recarga e a indústria brasileira.

“A eletrificação não é apenas dos veículos, mas também da infraestrutura. Empresas produzindo peças, baterias e motores para a eletrificação no Brasil, gerando valor para nossa indústria”, completa.

Dentro do VE Latino-Americano, haverá o C-Move, espaço para debates voltados a eletromobilidade
Além das exposições, dentro da feira haverá um espaço para debates e bate-papo sobre eletromobilidade. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

Brasil pode ser referência nessa tecnologia

Outro nome importante presente neste primeiro dia de VE Latino-Americano, é o do senador Rodrigo Cunha (Podemos – AL). O presidente da frente parlamentar da eletromobilidade no senado, garante que o Brasil precisa aproveitar esse excelente momento que a indústria automobilística passa com os carros elétricos, incluindo novas fábricas aqui no Brasil, como a da GWM e a da BYD, para gerar mais empregos e mão de obra qualificada.

“Essa é uma nova era que nós não podemos frear. Tecnologia contribui para os empregos, com qualificação dos funcionários e salário médio maior. Temos que aproveitar as oportunidades. Achar que devemos depender apenas do agronegócio e dos minerais como sempre foi, é se limitar. Por que não acreditar que o Brasil possa ser líder em tecnologia?”, comenta Rodrigo Cunha, durante a abertura do VE Latino-Americano.

Ler o Anterior

Ônibus famoso de dois andares de Londres será elétrico em 2024

Ler o Próximo

BorgWarner expõe sistema de baterias de ônibus elétricos

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular