Canal VE

20 de julho de 2024

BYD Seagull pode ser lançado como Dolphin Mini no Brasil

Visão frontal do carro da BYD com o nome Dolphin Mini na placa

BYD Dolphin Mini apresentado na Colômbia é conhecido como Seagull na China. Foto: Divulgação/BYD Colômbia.

A BYD deve lançar no Brasil, nos primeiros meses de 2024, o carro elétrico mais barato de sua gama, agora com um novo nome: Dolphin Mini. O veículo foi lançado na China em 2023 com o nome original de Seagull (Gaivota, em inglês), como parte da linha Ocean, que tem, além do Dolphin (Golfinho), o Seal (Foca).

O carro elétrico estava sendo esperado para o Brasil com o nome original, mas a montadora chinesa pode mudar a estratégia de lançamento do compacto para aproveitar o sucesso do Dolphin no país. O hatch se tornou o carro 100% elétrico mais vendido no país em 2023 poucos meses após o lançamento.

Assim, o novo carro deve receber o nome de Dolphin Mini por aqui, seguindo o que a BYD fez na Colômbia, ao apresentar o carro rebatizado. A tendência, aliás, é que esse padrão seja seguido em toda a América Latina.

Visão traseira do carro com o nome BYD Dolphin Mini na placa
BYD deve manter o nome Dolphin Mini em toda a América Latina. Foto: Divulgação/BYD Colômbia.

Importado da China

Na China, o Seagull caiu nas graças da população local, tendo superado a marca de 200 mil veículos produzidos em sete meses. No Brasil, num primeiro momento, deverá chegar por meio de importação, já com o nome Dolphin Mini. Dependendo do desempenho nas vendas, poderá ser fabricado na fábrica de Camaçari — por enquanto, a BYD só confirma a produção nacional do Dolphin, do Yuan Plus e do Song Plus.

O modelo tem dimensões compactas, com 3,78 m de comprimento, 1,71 m de largura e 1,54 m de altura. O entre-eixos é de 2,50 m. O motor elétrico de 55 kW de potência (74 cv) e 13,7 kgfm de torque. 

Imagem detalha espaçamento interno do carro
Espaço interno do BYD Dolphin Mini. Foto: Divulgação/BYD Colômbia.

Quanto à bateria LFP, há duas versões: uma de 30 kWh de capacidade, para uma autonomia estimada em 305 km, e outra de 38 kWh de capacidade, com alcance de 405 km. Não está claro qual versão será disponibilizada no Brasil. Além dessas, ainda há a possibilidade de, no futuro, o carro contar com baterias de sódio

Apesar de ter sido apresentado na Colômbia em novembro de 2023, o novo Dolphin Mini não teve seus detalhes revelados pela empresa. Isso só acontecerá em 2024.

O preço do veículo também é um mistério, mas a expectativa é que ele seja lançado no Brasil na faixa dos R$ 100 mil.

Imagem mostra em detalhes o painel do carro
Painel do BYD Dolphin Mini segue o padrão semelhante ao do Dolphin. Foto: Divulgação/BYD/Colômbia.

 

Ler o Anterior

Autarquia de Uberlândia adota 10 novas motos elétricas na frota

Ler o Próximo

Fever anuncia planos de aluguel de triciclos elétricos para cargas

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular