Canal VE

24 de abril de 2024

BYD lança o Dolphin como o carro elétrico mais eficiente do Brasil

BYD Dolphin na cor branca está estacionado em frente a prédio de tijolos à vista

O único hatch da lista é a surpresa entre os subcompactos. Foto: Rubens Morelli/Canal VE.

A BYD surpreendeu mais uma vez ao lançar o Dolphin, carro elétrico de entrada da marca chinesa no Brasil, por R$ 149.800,00. E, de acordo com o Inmetro, é o carro elétrico mais eficiente do país, com consumo energético de 0,42 MJ/km — número que seria equivalente ao consumo de 69 km/l de um carro a combustão —, superando, assim, o E-Kwid (0,44 MJ/km).

Mas não é apenas a eficiência energética que chama a atenção no Dolphin. Posicionado na faixa de preço dos carros elétricos mais baratos disponíveis no Brasil, o novo carro da BYD oferece o mesmo padrão premium de carros mais avançados em termos de tecnologia, conforto e segurança, aliados à boa autonomia.

O Dolphin utiliza a e-Platform 3.0, especialmente desenvolvida pela BYD para veículos puramente elétricos. A plataforma garante a integração entre o sistema de alta tensão das baterias com o chassi do carro, oferecendo uma experiência de condução inteligente.

Confira o vídeo:

Características técnicas

O lançamento para jornalistas e convidados, na qual o Canal VE esteve presente, foi realizado em São Paulo, em 28 de junho de 2023. Durante a apresentação, a BYD reforçou as características do design da linha “Ocean”, inspirada nas ondas do mar e nos animais marinhos, como o golfinho (dolphin, em inglês).

Com peso bruto total de 1.815 kg, e peso em ordem de marcha de 1.405 kg, o carro se beneficia da bateria Blade (LFP) de última geração — a mesma tecnologia aplicada no Yuan Plus

Com 95 cv de potência e 18,3 kgfm de torque, o BYD Dolphin tem rendimento bem superior aos seus rivais diretos no quesito desempenho. A aceleração de 0 a 100 km/h é realizada em 10,9 segundos, com velocidade máxima de 150 km/h, nada que prejudique o carro, desenvolvido prioritariamente para o uso urbano. São três modos de condução: Sport, ECO e Snowfield.

Vista lateral do BYD Dolphin, carro hatch 100% elétrico
Design do BYD Dolphin é inspirado nas ondas do mar e nos animais marinhos. Foto: Rubens Morelli/Canal VE.

A bateria tem capacidade de 44,9 kWh, suficiente para uma autonomia anunciada de 291 km, de acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) do Inmetro, já incluindo o rigoroso desconto de alcance aplicado pela metodologia brasileira. Na prática, no entanto, a autonomia pode superar os 400 quilômetros com a carga completa.

Além disso, a bateria pode ser recarregada de forma simples. Com um adaptador é possível usar até uma tomada comum de 127V ou 220V. Já nos carregadores de alta potência de corrente contínua, a bateria do Dolphin pode ir de 20% a 80% em apenas 25 minutos, segundo a fabricante.

Detalhe da recarga do carro BYD Dolphin
BYD Dolphin recebe recarga com o plugue do tipo 2, para corrente alternada, ou CCS 2, para corrente contínua. Foto: Divulgação/BYD.

Conforto e conectividade

O interior do Dolphin é um espetáculo à parte. Embora esteja na gama de carros de entrada, o espaço interno é um diferencial, principalmente por conta do comprimento total de 4,13 metros e da distância entre-eixos, de 2,7 metros

Na cabine, os ocupantes têm liberdade para usar o Apple Carplay, o Android Auto e o aplicativo BYD, que possibilita, entre outras funções, abrir e trancar o carro pelo celular, programar o ar-condicionado e até verificar o nível da bateria. 

Imagem do interior do carro destaca os bancos aconchegantes e o amplo espaço para os ocupantes
Medidas do BYD Dolphin privilegiam o espaço e o conforto dos ocupantes na cabine. Foto: Divulgação/BYD.

Para quem gosta de diversão, é possível ainda jogar videogame na tela de entretenimento de 12,8 polegadas, com o carro parado, ou mesmo participar de um animado karaokê, com um playlist caprichado de músicas nacionais e internacionais.

Imagem mostra tela de entretenimento com videogame e controle embaixo
Com o carro parado, é possível jogar videogame no painel de entretenimento. Foto: Rubens Morelli/Canal VE.

O carro também pode ser uma fonte de energia, já que possui o sistema VtoL (Vehicle to Load). Com o uso de um adaptador, a bateria do Dolphin se transforma numa fonte de energia que pode utilizar equipamentos externos como uma cafeteira, um laptop, uma pipoqueira e até uma luminária. 

Imagem mostra detalhes da textura do tecido do banco traseiro do carro
Detalhe do banco traseiro do BYD Dolphin ressalta conforto do assento. Foto: Rubens Morelli/Canal VE.

Participação no Brasil

O BYD Dolphin é o quinto carro da marca disponível no Brasil, e já no primeiro dia de vendas atingiu a expressiva marca de 146 unidades comercializadas, confirmando as expectativas do mercado no momento do anúncio do preço de R$ 149.800. 

Além do Dolphin, Yuan Plus (R$ 269.990), Song Plus (R$ 269.990), Tan EV (R$ 529.890) e Han EV (R$ 539.990) também são comercializados no país.

Nos próximos dias, a BYD deve confirmar a aquisição da antiga fábrica da Ford em Camaçari (BA), para produzir veículos elétricos no Brasil. Ainda não se sabe quais modelos a marca chinesa montará no país.

Visão da traseira do BYD Dolphin cinza, com detalhes em laranja
BYD Dolphin tem distância entre-eixos de 2,7 metros. Foto: Rubens Morelli/Canal VE.

Ler o Anterior

EUA planejam aporte de US$ 2 bi para transição a veículos elétricos

Ler o Próximo

São José dos Campos anuncia frota elétrica para GCM e PM

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular