Canal VE

20 de julho de 2024

Watts inicia produção de motos elétricas em fábrica de Manaus

Linha de produção das motos elétricas da marca Watts

Com investimento imediato de R$ 10 milhões, empresa pretende produzir 8 mil automóveis por ano. Foto: Divulgação/Watts

A Watts, empresa do Grupo Multi, inaugurou em Manaus (AM) seu novo polo industrial para toda sua linha de produtos elétricos. A chegada da Watts na capital amazonense é parte importante para o plano de expansão da marca no Brasil. 

Com um investimento inicial de R$ 10 milhões em seu novo local de produção, a empresa pretende produzir cerca de 8 mil produtos por mês, entre motos, scooters e bikes, todos voltados para a eletromobilidade.

“A nossa fábrica em Manaus representa um importante marco no plano de expansão nacional da marca. Houve investimento em maquinários de última geração para a fabricação de motos, bicicletas e scooters elétricas, que garantirão uma qualidade superior e um ótimo custo para o consumidor, o que contribuirá para a democratização do consumo destes produtos”, comenta Rodrigo Gomes, fundador e diretor da Watts Mobilidade Elétrica.

Duas motos elétricas, uma preta e uma azul, estacionadas
Com a inauguração da nova fábrica, Watts pretende ampliar e melhorar o pós-venda. Foto: Divulgação/Watts

Planos para a fábrica

A fábrica, de acordo com a empresa, vem para colaborar com o plano da marca para popularizar o veículo elétrico sobre duas rodas no Brasil. Além disso, a nova planta permite mais controle nos processos, ampliando a qualidade e eficiência nos pós-venda, garantindo total segurança e confiança aos clientes.

“Será possível adequar cada produto para as necessidades do consumidor nacional. Em curto prazo, a fábrica representa um diferencial competitivo, tanto no quesito custo quanto no reconhecimento e consolidação da marca”, completa Rodrigo.

Com cerca de 6.400 m², a fábrica, localizada em um dos maiores centros industriais do Brasil, deve gerar a contratação aproximada de 80 colaboradores dedicados nesse início de operação.

Ler o Anterior

E-Wolf cria rede de parcerias para ampliar eletropostos no Brasil

Ler o Próximo

Nissan venderá, na Europa, só carros elétricos a partir de 2030

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular