Canal VE

20 de julho de 2024

VW ID.7 aciona ar-condicionado só com aproximação do motorista

Imagem gráfica com linhas azuis representa o ar resfriado circulando pela cabine do carro

Sistema de ar-condicionado pode afetar autonomia do carro elétrico. Foto: Divulgação/Volkswagen.

Já pensou em ligar o aparelho de ar-condicionado do carro antes mesmo de entrar nele e sentir o calorão típico das cabines em dias quentes? Pois é isso que a Volkswagen está propondo com o ID.7, novo sedã elétrico da marca, previsto para ser lançado oficialmente no segundo semestre de 2023.

Com inteligência artificial, o sistema de ar-condicionado inicia o resfriamento ou o aquecimento rápido do interior do veículo antes do início da viagem. Isso é possível, entre outras coisas, pelas saídas de ar controladas eletronicamente que distribuem o ar no interior do veículo assim que o motorista se aproxima dele portando a chave. 

Leia mais: Como o sistema de ar-condicionado funciona em um veículo elétrico?

O interior do veículo é refrigerado nos dias quentes e aquecido quando está frio. Se a porta for aberta em condições de alta temperatura externa, as saídas de ar inteligentes no cockpit distribuem o ar rapidamente por uma grande área através de movimentos horizontais. 

Quando os passageiros estão acomodados no carro, o fluxo de ar pode ser redirecionado diretamente para o corpo ou usado para ventilação indireta do espaço interno, conforme a preferência do usuário. O ID.7 é o primeiro modelo da Volkswagen com esse sistema de controle inteligente.

Imagem gráfica com linhas vermelhas representa o ar aquecido circulando pela cabine do carro
Sistema de ar-condicionado também pode aquecer o interior do veículo. Foto: Divulgação/VW.

 

Inteligência artificial

O novo sistema inteligente obedece a comandos de voz e outras preferências do motorista, e ainda reage às condições externas, levando em consideração a posição do sol, por exemplo, para garantir a melhor funcionalidade do equipamento. 

Um sensor na área do para-brisa, por exemplo, detecta o ângulo de incidência da luz do sol em condições de alta temperatura externa e alta intensidade solar. Se o sol estiver atingindo intensamente um dos lados do veículo, o ID.7 adapta o ar-condicionado para atuar mais fortemente nas áreas mais quentes: primeiro em direção a área específica do interior do carro e, num segundo passo, especificamente na direção dos ocupantes do veículo.

O resultado, de acordo com a empresa, é uma elevação no nível de conforto para os ocupantes do sedã elétrico.

“Com o ID.7 estamos reforçando nosso objetivo de oferecer tecnologias inteligentes e inovações orientadas ao cliente no segmento premium de alto volume”, disse Kai Grünitz, membro do Conselho de Administração da marca, responsável pelo desenvolvimento do ID.7, que até agora só apareceu em eventos pontuais e com um conceito camuflado.

Visão lateral do ID.7 com pintura camuflada em cenário com céu aberto de fim de tarde
Novo ID.7, da Volkswagen, deve ser lançado oficialmente no segundo semestre de 2023. Foto: Divulgação/VW.

 

Lançamento em 2023

O ID.7 é o sexto veículo da família ID, após o ID.3, o ID.4, o ID.5 e ID.6 (somente na China), além da van ID.Buzz. Todos são 100% elétricos e fazem parte dos planos de descarbonização da marca alemã. 

Juntamente com o ID.4, ele será o segundo veículo global da Volkswagen baseado na plataforma modular elétrica (MEB). A apresentação mundial do ID.7 está programada para o segundo trimestre de 2023. O lançamento no mercado do sedã elétrico na China e na Europa deve ocorrer este ano. A América do Norte virá em seguida, em 2024. Ainda não há previsão de chegada ao Brasil.

Ler o Anterior

Conheça os projetos de lei a favor da eletromobilidade no Senado

Ler o Próximo

Ícone, Corvette ganha versão eletrificada nos Estados Unidos

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular