Canal VE

13 de abril de 2024

Vendas de elétricos têm alta no acumulado do ano, diz Fenabrave

desenho no chão representa vaga de estacionamento para veículos elétricos

Venda de veículos elétricos tem tendência de alta. Foto: Envato/Elements

A comercialização de veículos eletrificados (100% elétricos e híbridos) acumula alta de 34,67% nos sete primeiros meses do ano, em comparação ao mesmo período do ano anterior. No caso das motocicletas eletrificadas, a alta supera os 470% no acumulado do ano, na comparação com 2021.

Os dados são da Fenabrave, a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, que faz levantamentos mensais sobre o mercado. Desde julho de 2022, a entidade passou a contemplar os dados dos veículos eletrificados em seus informes.

Carregador de carro elétrico soquete tipo 2 no veículo branco
Carregador de carro elétrico. Foto: Envato/Elements

A tendência de crescimento na procura por veículos elétricos no ano já havia sido anunciada pela ABVE, a Associação Brasileira do Veículo Elétrico, quando registrou a marca de 100 mil veículos eletrificados em circulação no Brasil, desde o início da eletrificação da mobilidade no país, em 2012.

Os resultados de julho de 2022, porém, não foram só de alta. Segundo a Fenabrave, houve redução de 22,9% na comercialização de veículos eletrificados em relação ao mês anterior. No comparativo com o mesmo mês do ano passado, também houve retração, de 13,47%.

O total de emplacamentos de automóveis e comerciais leves eletrificados somou 3.136 unidades, volume menor que os registrados em junho (4.072) e julho de 2021 (3.624). 

Para o presidente da Fenabrave, Andreta Jr., a variação é normal. “Como se trata de um mercado ainda em amadurecimento, essas oscilações são esperadas. Além disso, o volume de julho não ficou muito distante da média mensal do ano (3,3 mil unidades, das quais 84% são de modelos híbridos)”, afirma.

Visão lateral do Voltz EV1 Sport
Voltz EV1 Sport. Foto: Divulgação

Entre as motocicletas eletrificadas, 524 unidades foram emplacadas em julho de 2021, o que representou queda de 1,87% em relação ao mês anterior. Apesar disso, o número foi 103,1% superior ao registrado em julho do ano passado. No acumulado de 2022, ou seja, de janeiro a julho, já foram emplacadas 4.119 unidades, um crescimento de 472,88% em relação ao mesmo período de 2021.

“Tem havido um interesse maior pelas motocicletas eletrificadas, mas vale lembrar que o volume destes veículos, em 2022, representa pouco mais de 0,5% do total de motocicletas a combustão emplacadas”, diz Andreta Jr., citando o levantamento da Fenabrave, que mostrou que mais de 107,6 mil motocicletas a combustão foram emplacadas em julho de 2022.

Setor automotivo geral

O cenário de retração atingiu todos os segmentos somados na comparação com o mês anterior (-2,61%), e queda de 0,6% em relação a julho de 2021. No acumulado dos sete primeiros meses do ano, o setor automotivo apresentou resultado próximo da estabilidade, com baixa de 2,7% na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com a Fenabrave.

“Os segmentos tiveram comportamentos distintos em julho. Alguns registraram números melhores do que os de junho, com destaque para automóveis, comerciais leves e caminhões, enquanto outros, como ônibus e motocicletas, apontaram retração. A queda pode ser explicada por um conjunto de fatores, como a menor oferta, especialmente, no segmento de duas rodas, por conta de problemas na produção e pela maior restrição e aumento do custo de crédito, já que a inadimplência, nos financiamentos de veículos, está em 4,5%, de acordo com os dados divulgados, pelo BACEN, referentes a abril/2022”, diz Andreta Jr.

De acordo com a entidade, a nova redução do IPI para automóveis, que passou de 18,5% para 24,75%, anunciada pelo Ministério da Economia em 29 de julho de 2022, a expectativa é que o volume de emplacamentos de veículos possa crescer até o fim do ano.

Ler o Anterior

Como o sistema de ar-condicionado funciona em um veículo elétrico?

Ler o Próximo

Microrreator pode transformar etanol em hidrogênio dentro de carro

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular