Canal VE

18 de maio de 2024

Qual é a diferença entre carros híbridos e híbridos plug-in? Veja

A eletrificação da frota brasileira de veículos está em alta. De acordo com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), 49.245 carros e comerciais leves eletrificados foram vendidos em 2022 no Brasil, um recorde. A maior parte dessas unidades comercializadas foi de carros híbridos (62%) e híbridos plug-in (21%).

Mas o que são carros híbridos? Quais são suas vantagens? Por que são considerados a porta de entrada para a eletrificação no Brasil e uma alternativa viável para quem deseja uma mobilidade mais sustentável? É o que vamos ver nesse artigo.

 

O que são carros híbridos?

Os carros híbridos são, como o nome sugere, veículos com utilização combinada de dois tipos de motores: um a combustão, movido a gasolina/etanol ou diesel, e outro elétrico, com bateria.

Os híbridos garantem maior eficiência do uso do combustível do que um não-híbrido. Isso porque o motor a combustão e o motor elétrico se complementam conforme a necessidade.  

E a participação de cada forma de motorização em sua composição e, consequentemente, em seu uso, determina o tipo de veículo híbrido. 

Eles também podem ser diferenciados pela maneira com que os motores tracionam as rodas do carro para colocá-lo em movimento.

Toyota Corolla Cross branco trafega em rua da cidade
Híbrido, Toyota Corolla Cross é o carro eletrificado mais vendido do Brasil em 2022. Foto: Divulgação/Toyota.

 

Como funcionam?

O sistema mais comum é o híbrido misto, no qual a central eletrônica faz cálculos o tempo todo para definir, com base nos dados instantâneos de trajeto, velocidade e potência necessária, qual fonte de energia deve ser usada naquele momento. 

Outro sistema bastante comum é o paralelo. Neste caso, os dois motores trabalham ao mesmo tempo. Normalmente, o motor a combustão atua no eixo traseiro e o elétrico, no dianteiro, gerando tração simultânea. Essa solução gera economia de combustível e, por ser mais simples, o sistema paralelo precisa de baterias menores.

Além deles, há os carros híbridos em série, ou seja, o motor a combustão é utilizado apenas para carregar as baterias, que alimentam o motor elétrico que faz o carro se movimentar. Dessa forma, o conjunto de baterias é maior, já que o motor elétrico é o responsável pela tração das rodas.

Vale destacar que todos os sistemas de carros híbridos são equipados com o freio regenerativo (Kers). Nas frenagens, os carros convencionais dissipam energia cinética como calor, enquanto os híbridos conseguem reaproveitar parte dessa energia e transformá-la em eletricidade, que é usada para alimentar a bateria.

Toyota Corolla Altis branco é visto em rodovia com cidade ao fundo
Toyota Corolla Altis é híbrido que usa o motor a combustão para recarregar a bateria. Foto: Divulgação/Toyota.

 

Qual é a diferença entre carro híbrido e híbrido plug-in?

De forma simples, a diferença entre um carro híbrido convencional e o híbrido plug-in é a forma de alimentação do conjunto de baterias. No híbrido convencional (HEV), o motor a combustão é responsável por recarregar a bateria. Já o híbrido plug-in (PHEV), como o nome diz, tem um plugue que permite a recarga da bateria com energia elétrica externa.

Importante ressaltar que os três tipos de híbridos (mistos, paralelos e em série) podem ser do tipo plug-in, dada a grande variação entre eles e a possibilidade de se conectarem por meio de um cabo de alimentação a uma fonte externa de energia elétrica.

Geralmente, o HEV utiliza o motor elétrico em baixa velocidade ou distâncias curtas. Quando há a necessidade de maior potência ou em trajetos mais longos, o motor a combustão é acionado automaticamente, garantindo a propulsão total do carro.

Já o PHEV, por ter uma bateria maior, consegue rodar por distâncias maiores e por mais tempo com a força da eletricidade. Quando a central eletrônica identifica a necessidade, o motor a combustão entra em ação para garantir o funcionamento do carro. Isso acontece, geralmente, em rodovias ou vias em que é possível manter uma velocidade alta e constante. Isso permite uma economia ainda maior de combustível.

Foto mostra partes frontais do Volvo XC 90 preto à esquerda e um Volvo XC 60 vermelho à direita
Modelos XC60 e XC90, da Volvo, são híbridos plug-in. Foto: Divulgação/Volvo.

Existe ainda uma versão chamada de híbrido leve, ou mild hybrid (MHEV). Esses carros utilizam geradores bem pequenos, de 48 volts, que servem para alimentar o veículo especialmente em situações de parada/saída. Isso faz o motor a combustão trabalhar menos e, consequentemente, reduzir em cerca de 10% o seu consumo.

Para saber mais sobre as siglas dos veículos elétricos e híbridos acesse nosso material aqui.

 

Quais são as vantagens de um carro híbrido?

Os carros híbridos são modelos intermediários entre os veículos a combustão e os totalmente elétricos. Isso significa que são mais sustentáveis que os veículos tradicionais, porém não tanto quanto os totalmente elétricos, que não usam qualquer combustível.

Apesar disso, os preços dos híbridos são mais acessíveis que os dos elétricos, sendo considerados uma porta de entrada para o mundo da eletrificação. Se o híbrido utilizar o etanol para o motor a combustão, as emissões serão reduzidas se comparadas ao uso de gasolina ou diesel.

Outra vantagem é a economia. Como os híbridos utilizam motores elétricos aliados aos motores a combustão, o consumo de combustível é menor. Em carros híbridos plug-in, quando utilizados prioritariamente em trajetos urbanos, a tração pode ser feita exclusivamente pelo motor elétrico, o que garante economia ainda maior.

Visão lateral de um Tiggo 8 Pro branco, com entradas de combustível e de recarga do lado esquerdo do veículo
Tiggo 8 Pro, da Caoa Chery, tem entradas de combustível e de recarga do lado esquerdo do veículo. Foto: Divulgação/Caoa Chery.

Além disso, o desempenho e a potência dos híbridos chamam a atenção. Como os veículos têm um sistema inteligente para identificar a necessidade imediata, podem usar o motor apropriado, garantindo o máximo de performance, com aceleração imediata e entrega de potência.

Ler o Anterior

Cinto de segurança térmico ajuda na eficiência de carros elétricos

Ler o Próximo

Jaguar apresenta nova versão do I-Pace com design atualizado

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular