Canal VE

13 de abril de 2024

O que são BEV, HEV, PHEV, FCEV? Saiba as siglas dos veículos elétricos

Carregador de carro elétrico soquete tipo 2 no veículo branco

Carregador de carro elétrico. Foto: Envato/Elements

Você que está procurando um veículo elétrico pra chamar de seu já se deparou com algumas siglas, como BEV, HEV, PHEV… Mas o que essas siglas significam? O Canal VE preparou uma pequena lista, mas que vai fazer toda a diferença para entender as tecnologias envolvidas quando o assunto for carros elétricos.

VE ou EV? 

Tanto faz. Os Veículos Elétricos (VE), ou Electric Vehicle (EV), são todos os veículos que utilizam energia elétrica para se locomover. Eles podem ser 100% elétricos ou híbridos, como veremos a seguir.

BEV

Battery Electric Vehicle, ou veículos elétricos a baterias, são aqueles que funcionam 100% com eletricidade. Eles precisam de recarga externa, que podem ser por meio de tomadas 220V, wallbox ou carregadores rápidos de eletropostos para alimentar as baterias. 

Os BEV não emitem gases poluentes em seu funcionamento, mas a eletricidade utilizada por eles pode ser proveniente de fontes de energia que emitem poluição na geração ou na extração de combustíveis fósseis. Mesmo assim, um veículo 100% elétrico é muito mais sustentável que um a combustão. 

Esses veículos são muito indicados para a utilização em centros urbanos, já que a maioria dos postos de recarga ainda estão nas cidades.

HEV

Hybrid Electric Vehicle, ou veículos elétricos híbridos. Eles têm esse nome porque utilizam um motor a combustão, como gasolina/etanol ou diesel, além de uma bateria e um motor elétrico. Os híbridos garantem maior eficiência do uso do combustível do que um não-híbrido. Isso porque o motor a combustão e o motor elétrico se complementam conforme a necessidade. 

Geralmente, na aceleração inicial, em velocidades baixas ou distâncias curtas, o motor elétrico assume a responsabilidade pelo veículo. Quando há a necessidade de maior potência ou em trajetos mais longos, como em rodovias, o motor a combustão é acionado automaticamente para somar potência ou garantir a propulsão total do carro.

Além de conferir maior economia de combustível, por rodar boa parte do tempo com energia elétrica, o carro híbrido garante uma redução considerável de emissão de poluentes. E o motor a combustão também funciona para recarregar as baterias, que não podem ser recarregadas de outro modo.

Outra vantagem é o KERS, o sistema de freios regenerativos. Nas frenagens, os carros convencionais dissipam energia cinética como calor, enquanto os híbridos conseguem reaproveitar parte dessa energia e transformá-la em eletricidade, que vai alimentar a bateria e garantir o funcionamento do motor elétrico ou de outros componentes eletrônicos do veículo. 

PHEV

Plug-in Hybrid Electric Vehicle, ou veículos elétricos híbridos recarregáveis, ou conectáveis. Assim como os HEV, esses veículos combinam o motor elétrico com o de combustão, mas têm um banco de baterias que pode ser recarregável por uma fonte externa de energia, como a rede elétrica, por exemplo. 

Isso permite ao veículo alcançar distâncias maiores utilizando apenas a eletricidade. Quando a bateria acaba, ou quando a velocidade atinge níveis mais altos, como 100km/h, por exemplo, o motor a combustão garante o funcionamento do carro normalmente. Esse tipo de VE confere uma economia ainda maior de combustível, já que a bateria é recarregada externamente.

Os dois tipos de motores podem ser utilizados de modo alternado ou combinando esforços para o melhor desempenho. E o KERS também ajuda na recuperação da energia cinética.

FCEV

Fuel Cell Electric Vehicle, ou veículos elétricos movidos a célula de combustível. São aqueles que utilizam o hidrogênio (H2) como fonte de energia. A eletricidade é gerada a partir de uma reação química do hidrogênio líquido pressurizado com o oxigênio (O2) para alimentar o motor.

Diferentemente dos demais modelos eletrificados, o FCEV pode ter um conjunto mais leve de baterias, e a recarga se assemelha à dos carros a combustão: o combustível fica armazenado em um tanque, que pode ser reabastecido em poucos minutos em postos de serviços.

Esse tipo de carro elétrico ainda está entrando no mercado. Por enquanto, está disponível apenas nos Estados Unidos.

Qual é o melhor?

Ainda é cedo para determinar qual é o melhor tipo de veículo elétrico no mundo. Não há VE ruim, mas vários modelos com propósitos diferentes. Por isso, é fundamental que a pessoa que procura um carro elétrico tome decisões com base nas informações sobre a forma de uso, sua melhor eficiência energética e as condições de reabastecimento na sua localidade.

Ler o Anterior

Em parceria inédita, Audi garante entrega 100% sustentável de VE

Ler o Próximo

Como carregar um carro elétrico? Canal VE explica o passo a passo

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular