Canal VE

20 de julho de 2024

Raízen Power adquire estações de recarga elétrica da Tupinambá

Eletroposto da Raízen recarregando dois carros

Raízen adquiriu 204 pontos de recarga da Tupinambá. Foto: Divulgação/Raízen

Buscando entrar no mercado de carregadores convencionais, a Raízen Power adquiriu toda a rede de recarga de veículos elétricos da startup Tupinambá. No total, o acordo contempla 204 carregadores com potências que variam de 7,4 kW a 22 kW, em corrente alternada (AC).

Este é um novo mercado para a Raízen Power, que até então atuava com carregadores rápidos, de corrente contínua (DC), e complementa seu portfólio de soluções de eletromobilidade para os proprietários de veículos elétricos.

“A compra da rede da Tupinambá representa um grande passo para o desenvolvimento da mobilidade elétrica no Brasil e na América Latina. Estamos ofertando soluções diferenciadas para as necessidades dos motoristas de veículos elétricos em todos os momentos da sua jornada, desde a sua a casa até o seu destino”, comenta Rafael Rebello, diretor de mobilidade elétrica da Raízen Power.

Eletroposto da Raízen recarregando dois carros
Com a aquisições desses carregadores, a Raízen entra em um novo mercado, o de carregadores AC. Foto: Divulgação/Raízen

Mudanças na Tupinambá

“A Tupinambá nasceu como uma empresa de tecnologia, desenvolvendo inicialmente o aplicativo e depois o software de gestão de carregadores. E entendendo que a criação de uma rede de recarga conectada também faria parte da jornada na busca da melhor experiência para o usuário, implementamos mais de 200 pontos de recarga com diversos parceiros. Com uma rede de qualidade conseguimos reforçar a importância do aplicativo na jornada de recarga”, explica Davi Bertoncello, fundador e CEO da Tupinambá.

Com essa transação, a Tupinambá passa a ser 100% dedicada ao desenvolvimento de tecnologias e softwares de gestão para estações de recarga elétrica, sendo uma das referências no setor dentro do mercado nacional.

“Agora vamos seguir trabalhando no desenvolvimento da melhor plataforma integrada de tecnologia, com foco na experiência de todos os motoristas e empresas que precisam carregar um carro elétrico e reforçar a jornada de descarbonização”, completa o CEO.

Entre essas soluções, está o aplicativo da startup, com mais de 2 mil pontos de recarga mapeados em diferentes estabelecimentos espalhados pelo país. Além disso, a marca trabalha com soluções para frotas e condomínios com foco em excelência operacional e experiência do usuário.

Eletroposto da Raízen recarregando dois carros
Rede de recarga da Tupinambá, de carregadores AC, passa a ser Raízen. Foto: Divulgação/Raízen

Novo mercado para a Raízen Power

A Raízen Power, até a aquisição das estações de recarga da Tupinambá, apresentava apenas carregadores de carga rápida em seu portfólio, dentro da linha Shell Recharge. Portanto, a aquisição chega para suprir uma lacuna em sua gama de produtos.

Com essa aquisição, além dos 204 pontos de recarga, o projeto tem potencial de expandir para mais de 600 pontos adicionais.

Ler o Anterior

Marcopolo investe R$ 50 mi para produzir ônibus elétricos no ES

Ler o Próximo

Autarquia de Uberlândia adota 10 novas motos elétricas na frota

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular