Canal VE

18 de maio de 2024

Mercado de veículos eletrificados começa o ano em alta no Brasil

Carro elétrico preto dentro de salão de concessionária é destacado na imagem

Veículos elétricos expostos em concessionária. Foto: Divulgação/BYD.

O mercado brasileiro de veículos leves eletrificados (automóveis e comerciais leves) deu mais um sinal de que está em franca ascensão. Com 4.503 unidades emplacadas, o segmento que compreende carros 100% elétricos e híbridos registrou o melhor mês de janeiro da série histórica — que teve início em 2012 —, de acordo com a ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico).

Depois de registrar aumento de 41% nas vendas em todo o ano de 2022, em relação ao mesmo período de 2021, o mercado de eletrificados inicia o ano com bons prognósticos para o que vem pela frente.

O número consolidado de unidades emplacadas (4.503) é menor que o registrado no mês de dezembro de 2022 (5.587), mas a queda é considerada normal para o período, uma vez que esta época concentra diversos gastos para as pessoas, como IPVA, IPTU e material escolar, entre outras despesas.

No entanto, o número registrado agora, em janeiro de 2023, representa um aumento de 76% em relação ao mesmo mês de 2022 (2.558 unidades). Se comparado a janeiro de 2021 (1.321), o aumento é de 241%.

Com esses números, a frota total de eletrificados leves em circulação no Brasil passou de 130 mil veículos, de 2012 a janeiro de 2023. Mais precisamente, 131.007 unidades

Concessionária de veículos tem carros expostos em um grande salão
Vendas de carros elétricos estão em alta no Brasil. Foto: Divulgação/BYD.

 

Híbridos puxam a fila

O segmento de eletrificados no Brasil tem grande participação dos veículos híbridos e híbridos plug-in, considerados como porta de entrada para a eletrificação. Destaque para o HEV (Hybrid Electric Vehicle), que não precisam de recarga de energia diretamente da rede elétrica, com 2.041 unidades vendidas em janeiro de 2023, ou 45% do total de eletrificados vendidos.

Já os híbridos plug-in (PHEV), que podem receber recarga de energia elétrica de fontes externas, além do combustível, registraram 1.707 unidades vendidas, ou 38% dos eletrificados no mês.

Os veículos 100% elétricos (BEV) tiveram 755 unidades vendidas em janeiro, o que representa 17% dos eletrificados comercializados no período.

Imagem mostra movimento de veículos na Avenida Paulista, durante a noite.
Avenida Paulista: São Paulo tem a maior frota de veículos elétricos do Brasil. Foto: Envato/Elements.

 

Vendas por região

O Estado de São Paulo é o que mais vende carros eletrificados no Brasil. Foram 1.430 unidades vendidas no primeiro mês de 2023, bem à frente do Rio de Janeiro, o segundo da lista, com 397 unidades. Minas Gerais (326), Santa Catarina (319) e o Distrito Federal (304) fecham o top 5 das unidades federativas que mais comercializam veículos eletrificados.

Entre as cidades que mais emplacaram veículos eletrificados em janeiro de 2023, São Paulo lidera com 654 unidades, seguida por Brasília (304), Rio de Janeiro (199), Belo Horizonte (177) e Curitiba (109), que fecham o top 5. Vale destacar Campinas (SP), que registrou 96 unidades vendidas em janeiro de 2023, sendo a 6ª cidade com mais vendas de veículos eletrificados no Brasil, e primeira cidade que não é a capital de um estado a aparecer na lista.

Ler o Anterior

Eletroposto precisa dar lucro para sair do papel, diz especialista

Ler o Próximo

EPE aponta que eletrificação no Brasil deve avançar em nichos

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular