Canal VE

18 de maio de 2024

Ford lança a primeira picape híbrida do mercado brasileiro

Picape híbrida amarela em movimento, com prédios ao fundo

A única picape híbrida do mercado chega ao Brasil custando R$ 244.890. Foto: Divulgação/Ford

A Ford lançou a Maverick Hybrid, a primeira picape híbrida do Brasil. Segundo a marca, o modelo alinha robustez com versatilidade e possui preço equivalente à versão FX4, equipada somente com motor a combustão, facilitando a opção do consumidor pela nova tecnologia. O valor sugerido é R$ 244.890.

O motor a combustão alinhado ao elétrico permite que a Maverick atinja uma autonomia de mais de 800 km. O conjunto gera uma potência combinada de 194 cv e permite ao veículo rodar 15,7 km/l na cidade e 13,6 km/l na estrada.

A picape ainda conta com um sistema de freios regenerativos, que auxilia a recarga do motor elétrico.

Essa eficiência está alinhada à potência da picape, visto que ela exibe um desempenho de carro esportivo, com aceleração de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos, torque instantâneo e silencioso, característico de um veículo eletrificado. 

A caçamba, com capacidade de 943 litros e 659 kg, é totalmente funcional. Com 1.344 mm de comprimento e largura padrão para acomodar um pallet (1.353 mm), oferece flexibilidade para diversos tipos de carga.

A conectividade é outro item de série da Maverick Hybrid. O FordPass contribui para oferecer a melhor experiência de posse para o usuário, com comodidade, transparência, agilidade no atendimento e maior controle sobre os serviços.

Picape híbrida preta andando por estrada de terra com árvores ao fundo
Esse novo modelo faz parte da família Raça Forte, que já conta com Maverick FX4, Ranger e F-150. Foto: Divulgação/Ford

Projeto e investimento pesado

A Maverick Hybrid faz parte do plano de eletrificação da marca, que este ano terá também o lançamento do Mustang Mach-E, o SUV coupé da marca americana, e da E-Transit, uma van 100% elétrica para o segmento de veículos comerciais. O objetivo da marca é atender diferentes segmentos do mercado com veículos elétricos ou híbridos.

A empresa vai fazer um investimento mundial de US$ 50 bilhões, o equivalente a mais de R$ 246 bilhões, com o objetivo de desenvolver e expandir o seu mercado de veículos elétricos. A expectativa da marca, até 2026, é produzir 2 milhões de automóveis elétricos por ano.

Ler o Anterior

Lula promete apoio à produção de ônibus elétricos no Brasil

Ler o Próximo

De olho no mercado nacional, XCMG mostra caminhão elétrico

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular