Canal VE

14 de junho de 2024

Lula promete apoio à produção de ônibus elétricos no Brasil

Presidente Lula mostra miniatura de ônibus para plateia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva exibe miniatura de ônibus elétrico em visita à Eletra. Foto: Divulgação/Pedro Mascaro/Eletra.

Em visita à sede da Eletra, em São Bernardo do Campo (SP), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu apoio à produção de ônibus elétricos no Brasil e às empresas nacionais de transporte público sustentável.

Acompanhado do vice-presidente Geraldo Alckmin, além de ministros, deputados e demais autoridades políticas, Lula visitou, em 2 de junho de 2023, as novas instalações da Eletra, que se mudou para um prédio de 27 mil metros quadrados na Via Anchieta, onde terá capacidade para produzir 150 ônibus elétricos/mês, ou até 1.800/ano.

A ampliação das instalações faz parte de um plano de investimentos de R$ 150 milhões, cujo objetivo é posicionar a empresa como líder latino-americana na produção de ônibus elétricos, gerando 500 empregos diretos nos próximos dois anos.

O presidente defendeu a participação ativa do Estado brasileiro nas políticas públicas de apoio à descarbonização do transporte público. “É muito importante nossa parceria com a China, mas prefiro que sejam comprados os ônibus nacionais”, disse Lula. “Cabe ao Estado brasileiro garantir a sobrevivência da indústria brasileira”, completou.

Vista aérea da fábrica da Eletra, em São Bernardo do Campo
Fábrica da Eletra, em São Bernardo do Campo, terá capacidade para produzir 150 ônibus por mês. Foto: Divulgação/Eletra.

Nova indústria brasileira

No encontro, a presidente da Eletra, Milena Romano, relembrou um compromisso firmado pelo atual governo brasileiro em relação à indústria. 

“Há poucos dias, o presidente Lula e o vice-presidente Geraldo Alckmin assinaram um artigo na imprensa defendendo a ‘neoindustrialização’ do Brasil. Acredito que os senhores têm aqui na Eletra um bom exemplo dessa nova indústria que está nascendo em nosso país”, afirmou a executiva.

“Uma indústria focada no transporte limpo e sustentável, na descarbonização da economia e na melhoria da qualidade de vida nas grandes cidades. Uma indústria 100% brasileira, com tecnologia nacional desenvolvida por engenheiros e técnicos brasileiros”, completou Milena Romano.

Milena Romano, de roupa vermelha, discursa para a plateia
A presidente da Eletra, Milena Romano, ressaltou a importância da indústria nacional. Foto: Divulgação/Pedro Mascaro/Eletra.

Produção nacional

Na visita, Lula pôde conhecer os novos modelos de ônibus elétricos 100% brasileiros, produzidos com tecnologia nacional pela Eletra e parceiros estratégicos.

Os ônibus têm tecnologia de tração elétrica e eletrificação Eletra, carroceria eMillennium Caio, chassis Mercedes-Benz e baterias, inversores e motores elétricos WEG.

Também presente ao evento, o presidente da ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), Ricardo Bastos, ficou entusiasmado com a visita presidencial.

“Foi um evento importantíssimo para apresentar a realidade dos investimentos, empregos e tecnologia da indústria da mobilidade elétrica para o presidente, vice-presidente, ministros, prefeitos e autoridades locais”.

Segundo estimativas do grupo de veículos pesados da ABVE, a cadeia produtiva do ônibus elétrico no Brasil terá capacidade para gerar cerca de 10 mil empregos diretos e indiretos nos próximos três anos.

Presidente Lula posa para foto ao lado de funcionários da Eletra
Lula posa para foto ao lado de presidente da Eletra, Milena Romano, e funcionários da Eletra. Foto: Divulgação/Pedro Mascaro/Eletra.

Ler o Anterior

Zul+ e Zletric lançam recurso que indica pontos de recarga para VE

Ler o Próximo

Ford lança a primeira picape híbrida do mercado brasileiro

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular