Canal VE

13 de abril de 2024

Com novos suprimentos, Ford planeja produzir 600 mil VEs em 2023

Mustang MachE azul em apresentação

Mustang MachE faz parte dos planos de expansão de veículos elétricos da Ford. Foto: Divulgação.

De olho em um mercado cada vez mais crescente, a Ford anunciou, em 21 de julho de 2022, um novo plano para ampliar a capacidade de produção de veículos elétricos. A montadora americana quer atingir 600 mil unidades em 2023, e mais de 2 milhões até 2026.

Para isso, criou uma nova cadeia de suprimentos para veículos elétricos e garantiu contratos de fornecimento de 60 GWh de capacidade para alcançar a meta estipulada de produção de veículos.

Baterias de fosfato de ferro-lítio vão equipar o Mustang Mach-E na América do Norte no ano que vem e a F-150 Lightning no início de 2024, aumentando a oferta de produtos de alta demanda da companhia.

“A nova linha de veículos elétricos da Ford gerou enorme entusiasmo e demanda, e agora estamos colocando o sistema industrial em funcionamento para ganhar escala rapidamente”, disse Jim Farley, presidente e CEO da Ford e presidente da Ford Model e. “O nosso time moveu-se com velocidade, foco e criatividade para garantir a capacidade de suprimento de baterias e matérias-primas de que precisamos para fornecer veículos elétricos inovadores para milhões de clientes.”

Novas tecnologias

A Ford está adicionando a química de células de fosfato de ferro-lítio (LFP) ao seu portfólio, juntamente com a química existente de níquel cobalto manganês (NCM). Isso traz ainda mais capacidade para produtos de alta demanda, que vão oferecer aos clientes muitos anos de operação, com perda mínima de alcance. 

Além disso, reduz a dependência de minerais críticos escassos, como o níquel, que, aos custos atuais, gera uma economia de 10% a 15% nos materiais das baterias comparado ao NCM.

De acordo com o anúncio oficial, a empresa informou ter garantido 100% da capacidade anual de células de baterias — 60 gigawatts-hora (GWh) — necessária para suportar esse ritmo de produção de 600 mil VEs, trabalhando com as principais empresas do setor no mundo.

Mercado global

A Ford planeja aumentar a capacidade de produção e distribuição dos veículos elétricos em mercados já estabelecidos, como América do Norte, Europa e China. O anúncio da montadora não inclui, neste momento, a América do Sul.

Confira os modelos que fazem parte dos planos da companhia para o mercado de VEs:

Arte mostra comparativo de produção de veículos elétricos
Previsão de produção de veículos elétricos da Ford. Imagem: Divulgação
  • 270.000 Mustang Mach-E para a América do Norte, Europa e China;
  • 150.000 F-150 Lightning para a América do Norte;
  • 150.000 Transit elétricas para a América do Norte e Europa;
  • 30.000 unidades de um novo SUV para a Europa, cuja produção aumentará significativamente em 2024.
Plano ambicioso

Para garantir o crescimento no ritmo de produção, a empresa detalhou os planos do seu portfólio global de veículos elétricos que suportam essas metas. A estratégia faz parte do plano Ford+. A companhia espera que a taxa anual composta de crescimento de VEs no mercado supere 90% até 2026, mais do que o dobro do crescimento previsto da indústria global.

Assim, a Ford planeja fazer um investimento de mais de US$ 50 bilhões na produção de veículos elétricos até 2026. 

Para isso, tem feito acordo com diversas empresas da cadeia de suprimentos, entre elas a CATL, maior produtora de baterias do mundo, além de mineradoras e empresas de tecnologia. 

A ideia é aproveitar a demanda de potenciais compradores de veículos elétricos. Em recente pesquisa realizada em 18 países da América do Norte, Europa e Ásia, publicada pela EY, pela primeira vez a maioria dos consumidores (52% dos entrevistados) que pretende comprar um carro nos próximos dois anos diz que escolherá um veículo elétrico ou híbrido — um aumento de 11% comparado ao ano passado e de 22% frente a 2020.

Ler o Anterior

Estapar e Mobilize se unem por melhor infraestrutura de recarga

Ler o Próximo

Fernando de Noronha terá estações de recarga para bicicletas elétricas

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular