Canal VE

14 de junho de 2024

Vivo compra 200 Kangoo E-Tech para operar em grandes cidades

Veículos Renault Kangoo E-Tech com adesivos da Vivo perfilados em estacionamento

Vivo reforça frota operacional de grandes cidades com 200 Renault Kangoo E-Tech 100% elétricos. Foto: Divulgação/Renault.

Com aproximadamente 5 mil veículos em circulação no Brasil, a Vivo concluiu a aquisição de 200 Renault Kangoo E-Tech, para compor a frota operacional da empresa. A compra dos furgões totalmente elétricos contribui para o Plano de Ação Climática da empresa, que tem como meta zero emissão até 2040.

Leia mais: Conheça os benefícios de uma frota elétrica para sua empresa

Os novos utilitários elétricos deverão ser utilizados primeiramente nas operações em São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba e no Distrito Federal, mas a expectativa é que a renovação da frota possa atender novas cidades no futuro.

Se acordo com o diretor de patrimônio, logística e compras da Vivo, Caio Guimarães, o avanço do mercado de eletrificação, com maior disponibilidade de veículos e infraestrutura de recarga, foi considerado promissor para a empresa ampliar a frota elétrica.

“O uso dos carros elétricos faz parte de nossas iniciativas pelo desenvolvimento sustentável. Iniciamos nos grandes centros para assegurar que o abastecimento da frota seja proveniente de energia renovável, o que é uma premissa para a Vivo, pois todo o nosso consumo de energia elétrica provém de fontes 100% renováveis desde 2018. A iniciativa pode evoluir à medida em que as opções de recarga avancem”, afirma Guimarães.

 

Kangoo E-Tech para a frota

O Kangoo E-Tech, furgão 100% elétrico da Renault, foi o veículo escolhido para garantir as operações com o objetivo de redução do impacto ambiental. Equipado com um motor de 90 kW (120 cv) e 25 kgfm (245 Nm) de torque instantâneo, permite uma experiência de condução suave e sem stress nos deslocamentos diários.

Com uma bateria de íons de lítio de 45 kWh, composta por oito módulos independentes, o Kangoo E-Tech possui autonomia de 210 km, segundo o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) e autonomia no ciclo urbano de até 329 km e de 300 km no ciclo combinado, de acordo com a norma do INMETRO (SAE J1634). Isso garante um dia inteiro de trabalho com segurança, agilidade e baixo custo por quilômetro rodado.

Em relação à capacidade operacional, o Kangoo E-Tech oferece um espaço de carga de 4,3 m³. A sua carga útil máxima é de 800 kg e a capacidade de reboque, de 1.500 kg. A sua porta lateral deslizante extralarga (864 mm) permite a acomodação de grandes objetos, facilitando o embarque e desembarque em grandes centros urbanos. 

Ler o Anterior

Rede Graal instalará eletropostos em rodovias do Sul e Sudeste

Ler o Próximo

Peugeot dá desconto no e-2008, agora vendido por R$ 159,9 mil

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular