Canal VE

18 de maio de 2024

Toyota pretende ter baterias de 1.000 km de autonomia até 2026

Carro elétrico prata nas ruas

Toyota bZ4X, o SUV 100% elétrico da marca japonesa. Foto: Divulgação/Toyota

A Toyota deu detalhes sobre o processo de eletrificação da marca. Entre os detalhes abordados, a empresa traçou uma meta de ter veículos elétricos com 1.000 km de autonomia até o ano de 2026. A partir do mesmo ano, a empresa promete lançar uma nova linha de veículos 100% elétricos, além de aprimorar os que a marca já possui.

“Lançaremos a próxima geração de carros elétricos movidos a bateria globalmente e como uma linha completa de produtos a partir de 2026”, disse Takero Kato, presidente da nova unidade de EV da Toyota. “O que queremos alcançar é mudar o futuro com os BEVs”, completa Kato.

Para atingir esse nível de autonomia, a empresa trabalha, além do desenvolvimento de uma bateria de performance, com a preocupação da aerodinâmica e na redução do peso dos veículos elétricos. Todas essas características impactam no consumo de bateria.

O que mais chamou a atenção durante esse workshop, segundo especialistas, foi que a Toyota, mesmo que ainda relutante com veículos elétricos, começou a debater mais sobre o assunto. 

Carro azul movido a hidrogênio estacionado em um ponto de recarga
Toyota Mirai é carro da marca movido a células de hidrogênio. Foto: Divulgação/Toyota

Hidrogênio também em pauta

Além de ser debatido a participação de mercado da Toyota com os veículos elétricos, outra forma de combustível também foi abordada, o hidrogênio

Durante o workshop, a montadora também ressaltou que pretende expandir esse tipo de combustível, para que se torne popular nos principais mercados, na Europa, América do Norte e China, até 2030.

Pensando no Brasil, a Toyota pretende utilizar o Mirai, carro da marca movido a hidrogênio, para os testes que estão acontecendo em parceria com a USP. O estudo é para avaliar formas de se conseguir o combustível de célula de hidrogênio a partir do etanol.

Ler o Anterior

Especialistas debatem o futuro da eletromobilidade em Brasília

Ler o Próximo

Ferrari iniciará produção de linha de supercarros elétricos em 2024

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular