Canal VE

13 de abril de 2024

Toyota investirá R$ 11 bilhões até 2030 no Brasil por carros híbridos

Fábrica da Toyota em Sorocaba (SP)

Com o aporte de R$ 11 bilhões, o complexo fabril de Piracicaba (SP) receberá ampliações em sua linha de montagem até 2030. Foto: Divulgação/Toyota

A Toyota anunciou um investimento de R$ 11 bilhões no Brasil nos próximos seis anos. Com o montante, a montadora japonesa ampliará a linha de montagem do complexo fabril de Sorocaba (SP), visando a produção de mais modelos da marca no país. 

Dentre essa quantia total, R$ 5 bilhões já estão confirmados até 2026 e incluem a produção de um novo veículo compacto híbrido flex, já anunciado no ano passado e com previsão de produção para 2025, além da produção de outro modelo com a mesma tecnologia, desenvolvido especialmente para o Brasil. Os novos veículos ainda não foram revelados, mas, de acordo com a marca, isso acontecerá oportunamente. 

“A Toyota está presente no Brasil há 66 anos, investindo continuamente em tecnologia e inovação para oferecer as melhores soluções e atender às necessidades dos consumidores. Um exemplo desse comprometimento foi o pioneirismo no desenvolvimento da tecnologia híbrida flex no país. Estamos muito satisfeitos em poder ampliar nossa produção local, exportar para toda a região e assim gerar e distribuir mais valor para toda a sociedade, em forma de empregos e desenvolvimento econômico”, afirma Rafael Chang, CEO da Toyota para a América Latina e Caribe.

Produção de modelos híbridos e de baterias 

De acordo com a Toyota, o processo de transição será gradual. O motor híbrido será produzido a partir de 2025 na planta de Porto Feliz (SP). Já a montagem de baterias será realizada na fábrica de Sorocaba (SP) a partir de 2026, para equipar os veículos híbridos já produzidos localmente.

“Nossos investimentos vão promover o desenvolvimento da cadeia de fornecedores de componentes para veículos eletrificados, apoiando assim o processo de descarbonização da mobilidade no país e em toda a região da América Latina”, afirma Evandro Maggio, presidente da Toyota do Brasil.

Parte de um modelo híbrido da Toyota
Com os novos investimentos, a montadora irá produzir um veículo híbrido compacto já em 2025. Foto: Divulgação/Toyota

Mudanças nas fábricas 

Com a ampliação do complexo fabril de Sorocaba, outra unidade da marca no interior de São Paulo será fechada, a de Indaiatuba. De acordo com a montadora, todos os empregos serão mantidos e os funcionários serão transferidos para as operações produtivas de Sorocaba de forma gradual, a partir de meados de 2025, com conclusão prevista para o final de 2026. 

Em um primeiro momento, durante esse período de transição, a Toyota, além da manutenção de 100% dos empregos da planta de Indaiatuba, planeja a criação de 500 novos postos de trabalho na planta de Sorocaba. 

Essas contratações terão início em meados de 2026 e, até 2030, deverão alcançar 2 mil novos empregos diretos. Somando-se aos empregos indiretos, essa iniciativa pode representar aproximadamente 10 mil postos de trabalho na cadeia produtiva dos veículos da marca no Brasil.

Ler o Anterior

Haval H6 GT em review: híbrido plug-in da GWM é uma máquina

Ler o Próximo

Stellantis anuncia investimento de R$ 30 bi na América do Sul

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular