Canal VE

18 de maio de 2024

Shineray lança SHE E-Jef, moto elétrica com visual mais robusto

Shineray SHE E-Jef branca perolizada tem visual robusto

Shineray SHE E-Jef é lançada no Brasil. Foto: Divulgação/Shineray.

A Shineray acaba de lançar mais uma moto elétrica no Brasil, a SHE E-Jef, o sexto modelo 100% elétrico da marca no país. O preço sugerido é de R$ 21.490, sem contar o frete nem os impostos locais.

A nova versão se junta à família SHE, que já tem a SHE S e a SHE 3000. Além delas, a marca ainda conta com as scooters SE1, SE2 e SE3 em seu portfólio.

“Diferente de alguns modelos elétricos do nosso portfólio, que são voltados para o mercado de trabalho, a SHE E-Jef é desenhada para quem quer sair da combustão e aderir à eletricidade com um design mais arrojado”, disse Thomas Edson Medeiros, diretor de Supply Chain da montadora. 

Assim como as irmãs da mesma linha, a Shineray SHE E-Jef utiliza um motor elétrico de 3 kW (4,07 cv). A diferença está no visual, mais robusto

, com rodas de 17 polegadas, sendo um pneu 110/70 na dianteira e um 140/70 na traseira. A carenagem mais robusta também é uma característica que chama a atenção.

De acordo com a montadora, a motocicleta alcança 89 km/h de velocidade máxima, para um peso de 125 kg (seco), mais pesada que as outras duas da família SHE.

Shineray SHE E-Jef na cor vermelha
Shineray SHE E-Jef utiliza um motor elétrico de 3 kW. Foto: Divulgação/Shineray.

Bateria e autonomia

A SHE E-Jef tem um conjunto de baterias de fosfato de ferro-lítio (LiFePo) de 72V e 50 Ah de capacidade, com uma autonomia de 80 quilômetros, dependendo da forma de uso. Para fazer o recarregamento da bateria são necessárias de 7 a 8 horas, segundo a fabricante. 

A nova moto já pode ser encomendada nas concessionárias da marca, em três cores diferentes: vermelha, preta e branca perolizada.

Detalhe do farol da moto elétrica Shineray SHE E-Jef
Shineray SHE E-Jef foi desenvolvida para quem quer trocar uma moto a combustão por uma elétrica. Foto: Divulgação/Shineray.

 

Ler o Anterior

Ricardo Bastos, diretor da GWM, assume a presidência da ABVE

Ler o Próximo

União Europeia aprova o fim das vendas de veículos a combustão

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular