Canal VE

28 de novembro de 2023

Por soluções de recarga, VoltBras recebe aporte de R$ 12 milhões

Com celular na mão, pessoa faz o gerenciamento da recarga de um veículo elétrico

VoltBras recebe aporte de R$ 12 milhões de fundo de investimentos. Foto: Divulgação/VoltBras.

A VoltBras, startup brasileira de tecnologia que fornece soluções para a gestão de eletropostos e carregamento de veículos elétricos, recebeu um aporte de R$ 12 milhões para dar sequência ao desenvolvimento da infraestrutura de recarga no Brasil com suas aplicações. A MSW Capital, gestora de fundos que investe em startups nos estágios iniciais, foi a responsável pelo aporte.

Fundada em 2018, a Voltbras tem se destacado no mercado por oferecer soluções de gestão totalmente adaptáveis às necessidades das empresas, incluindo planejamento de recargas, histórico, acompanhamento em tempo real, via celular, e viabilização da operação das redes tanto pelos gestores como pelos usuários. 

A empresa fornece até mesmo uma ferramenta para calcular a viabilidade da instalação de pontos de recarga por empresas interessadas na transição energética da mobilidade.

 

Computador mostra planilhas de gestão para recarga de veículos elétricos
VoltBras tem soluções para gestão de eletropostos de acordo com a necessidade do cliente. Foto: Divulgação/VoltBras.

Mercado em expansão

A estratégia de negócios e o potencial de crescimento da marca, que acabou de passar por um processo de rebranding, incluindo nova identidade visual, refletem o atual momento da eletromobilidade no Brasil. 

Com o lançamento de novos modelos de carros elétricos no mercado brasileiro, e o consequente aumento no interesse de instalação de novas estações de recarga, a empresa tem aproveitado o bom momento para expandir.

Atualmente, estima-se que exista um ponto de carregamento para cada 10 carros elétricos no país, o que mostra o potencial de expansão das redes de eletropostos. Além disso, há a projeção de que até 2030, ao menos 5% da frota de veículos brasileiros seja de elétricos, considerando um cenário de 60 milhões de carros circulando hoje, de acordo com a Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE).

Sócios da VoltBras posam para foto em escritório
Os fundadores da VoltBras: Bernardo Durieux, Carlos Libardo e Rodolfo Levien. Foto: Divulgação/VoltBras.

Aporte em boa hora

Essa é a terceira vez que a empresa, com sede em Florianópolis (SC), recebe investimentos de parceiros. Desta vez, a gestora de venture capital MSW foi a responsável pelo aporte complementar. Antes, a VoltBras já havia recebido um aporte de R$ 3 milhões no negócio, com participação da EDP Ventures, Perseo (Iberdrola) e Domo Invest.

Para Bernardo Durieux, diretor executivo da VoltBras, o aporte vai apoiar na expansão comercial da empresa, além da consolidação e ampliação de produto. “Estamos numa crescente constante e focamos em um mercado de grande potencial dentro e fora do país”, afirma. 

“Como toda empresa em crescimento, ter um aporte deste volume vai nos ajudar a ultrapassar barreiras naturais de um negócio, proporcionando maior escala e mais agilidade na expansão da empresa”, diz.

Já Richard Zeiger, sócio da gestora, acredita no potencial da startup para a geração de novos negócios na eletromobilidade. 

“A VoltBras tem muitas características que um investidor de risco deseja em um negócio: clientes de grande porte, uma solução tecnológica extremamente necessária, um mercado que está nascendo e vai crescer impulsionando a descarbonização dos transportes. E, acima de tudo, um time de primeira linha incluindo 2 fundadores que, antes de mais nada, são velejadores profissionais e saberão navegar em novos mares”, afirma. 

Ler o Anterior

Europa já vê mais carros elétricos que os movidos a diesel nas ruas

Ler o Próximo

Confirmado no Brasil, BYD Seal revela a tecnologia Cell-To-Body

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular