Canal VE

18 de julho de 2024

Confirmado no Brasil, BYD Seal revela a tecnologia Cell-To-Body

Carro elétrico azul claro estacionado

O BYD Seal é o primeiro carro da marca com a tecnologia CTB. Foto: Divulgação/BYD

A BYD apresentou, pela primeira vez no Brasil, o Seal, novo carro 100% elétrico que deve chegar ao país ainda em 2023 com a nova estrutura para a bateria Cell-To-Body. Essa nova tecnologia permite que a bateria Blade atue como piso da carroceria, formando uma estrutura única, em camadas sobrepostas, entre a própria bateria e o piso.

O coupê esportivo foi apresentado para a imprensa e convidados em uma espécie de “pré-lançamento”, dentro do Festival Interlagos, realizado em São Paulo, de 20 a 23 de julho de 2023, e acabou pegando algumas pessoas de surpresa. 

O veículo foi disponibilizado para testes no autódromo para um grupo seleto de pessoas. O lançamento oficial será feito nas próximas semanas, com previsão de chegar ao Brasil ainda no ano de 2023.

O Seal possui 531 cv de potência, com um tamanho compatível ao de um sedã médio, sendo 4,8 metros de comprimento e 2,92 de entre-eixos. No entanto, as informações sobre a autonomia, que passa por homologação no Inmetro, ainda não foram divulgadas.  

Com relação ao preço, segundo a marca, estará entre o Yuan Plus (R$ 270 mil) e o Han (R$ 540 mil). 

Carro elétrico cinza parado nos boxes de Interlagos
O Seal chegará ao mercado brasileiro até o final do ano de 2023. Foto: Rubens Morelli/Canal VE

Tecnologia de ponta para a bateria

A tecnologia CTB (Cell-To-Body), por meio de suas camadas de proteção, garante que a bateria fique integrada à carroceria, participando da transmissão de força e absorção de energia do veículo. Essa estrutura proporciona ainda uma vida útil mais longa e maior espaço interno ao veículo. 

Outra grande vantagem dessa nova tecnologia é garantir uma vedação perfeita que permite ao veículo ficar mais baixo em relação ao solo e com excelente estabilidade, aumentando o seu desempenho esportivo e performance. Esse sistema pode assegurar uma rigidez e controle na condução, de modo a realizar manobras do tipo slalom (ziguezague) a mais de 80 km/h sem que as rodas percam o contato com o solo

Com essa tecnologia, a bateria Blade garante uma maior eficiência também na recarga. O BYD Seal pode rodar até 300 km com apenas 15 minutos de carga, de acordo com as informações da montadora.

Tecnologia Cell-To-Body da BYD, com camadas de proteção para a bateria
O CTB permite que a bateria Blade atue como piso da carroceria, formando uma estrutura única, em camadas. Foto: Divulgação/BYD

Ler o Anterior

Por soluções de recarga, VoltBras recebe aporte de R$ 12 milhões

Ler o Próximo

Em parceria com Wallbox, E-Wolf amplia portfólio de carregadores

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular