Canal VE

25 de fevereiro de 2024

Novo CEO da Toyota promete dez carros elétricos até 2026

Toyota bZ4x é um SUV totalmente elétrico

Toyota bZ4x tem propulsão 100% elétrica a bateria. Foto: Divulgação/Toyota.

O novo CEO da Toyota, Koji Sato, anunciou que a montadora japonesa planeja ter dez veículos totalmente elétricos até 2026, em uma clara mudança de estratégia de eletrificação da frota que vinha sendo traçada até aqui, que privilegiava a propulsão híbrida em detrimento à elétrica a bateria. 

Apesar disso, a nova gestão ainda se diz comprometida com a evolução dos modelos híbridos, e, por isso, deve seguir com investimentos nas diversas formas de propulsão de veículos, como, por exemplo, a produção de H2 por meio do etanol, na tecnologia FCEV presente no Toyota Mirai.

Sato, de 53 anos, substituiu Akio Toyoda no cargo de CEO no início de abril e agora apresenta sua estratégia com o lema “herança e evolução”. Na apresentação para acionistas, o executivo falou em adotar uma “abordagem multivias” para o futuro da Toyota, incluindo todos os tipos de propulsão.

“A partir de agora, pretendemos nos transformar em uma empresa de mobilidade. A missão da Toyota é produzir felicidade para todos. Queremos proteger a Terra e enriquecer a vida das pessoas ao redor do mundo. Para que o carro continue sendo uma parte necessária da sociedade, precisamos mudar o futuro do carro”, afirmou Sato.

Vestido de terno azul marinho e gravata azul claro, Koji Sato faz discurso
Koji Sato assumiu o cargo de CEO da Toyota em abril de 2023. Foto: Divulgação/Toyota.

Novo foco nos elétricos

A chegada de Sato promete acelerar a presença de veículos elétricos no portfólio da montadora, algo que já havia sido sugerido por Toyoda. 

Com modelos como o bZ4X, a Toyota chegou a apenas 26 mil carros elétricos vendidos em 2022. Com os dez modelos BEV agora anunciados até 2026, as vendas de veículos elétricos devem subir para 1,5 milhão de unidades nesta data, ou cerca de 15% do total de vendas. A meta para 2030 é de cerca de um terço, com 30 modelos BEV até lá.

Apesar da intenção de contar com dez veículos elétricos até 2026, detalhes desses modelos não foram anunciados. O mais provável é que sejam versões basicamente adaptadas e desenvolvidas dos carros-conceito que Toyoda apresentou no final de 2021. 

Graças a novos processos da empresa, incluindo um departamento recém-criado para o desenvolvimento de novos carros elétricos, eles devem ser produzidos mais rapidamente e com custos mais baratos do que antes. 

Parcerias pontuais, como a que selou o acordo com a BYD para a produção do modelo bZ3 exclusivo para o mercado chinês, não estão descartadas para o futuro.

projeção do sedã elétrico bZ3 em cenário futurista
Toyota bZ3 foi desenvolvido para o mercado chinês. Foto: Divulgação/Toyota.

Bateria de estado sólido

Na apresentação, Koji Sato estipulou como meta para 2026 o lançamento no mercado de um carro elétrico baseado em uma nova plataforma da Toyota, com uma evolução das baterias atuais.

A nova plataforma deve compreender o desenvolvimento da bateria de estado sólido, que vem sendo pesquisado há algum tempo pela montadora. A nova bateria, de tamanho semelhante a modelos similares no mercado, promete dobrar o alcance dos veículos elétricos

Especialistas, no entanto, ainda são cautelosos em afirmar que as prometidas células de bateria com eletrólitos sólidos em grandes quantidades realmente sairão do papel em pouco tempo.

Ponto de vista do motorista, com volante e painel à frente
Cabine do bZ4x, da Toyota, oferece conforto aos ocupantes. Foto: Divulgação/Toyota.

Ler o Anterior

Seres e Huawei ampliam parceria por carros mais tecnológicos

Ler o Próximo

Volkswagen lança ID.7, o novo sedã de luxo elétrico da marca

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular