Canal VE

20 de julho de 2024

Honda planeja vender 4 milhões de motos elétricas até 2030

Conceito de moto elétrica da Honda é apresentado em cenário cinza

Honda planeja ter 30 modelos de veículos elétricos sobre duas rodas até 2030. Foto: Divulgação/Honda.

A Honda atualizou sua previsão de vendas de motos e scooters elétricas até 2030 para 4 milhões de unidades. A nova meta (500 mil unidades a mais que a anterior, anunciada em 2022) será alcançada, segundo a marca, com modelos mais baratos, graças à evolução das células LFP (lítio-ferro-fosfato). 

A fabricante japonesa anunciou, no final de novembro de 2023, que tem planos de lançar até 30 modelos de veículos elétricos de duas rodas, com redução de custos de 50% em comparação com os modelos atuais, de baterias substituíveis. As baterias de estado sólido também estão na agenda a médio e longo prazo.

Para isso, a Honda está investindo 100 bilhões de ienes (cerca de R$ 3,35 bilhões) durante o atual período de 5 anos, de 2021 a 2025, e investirá 400 bilhões de ienes (R$ 13,38 bilhões) adicionais durante os próximos 5 anos, de 2026 a 2030. 

Gráfico mostra maior participação de veículos elétricos da Honda para os próximos anos
Projeção de novos modelos elétricos da Honda. Arte: Divulgação/Honda.

Redução de custos

A Honda anunciou que uma nova plataforma modular também vai contribuir para a redução de custos de produção. A bateria, a unidade de acionamento e o chassi serão modularizados, possibilitando diversas variações no processo de fabricação para atender todas as necessidades dos clientes.

Além disso, a Honda apresentará um novo modelo globalmente em 2024, baseado no SC e: Concept, recentemente exibido no Japan Mobility Show 2023, que será seguido pelas introduções globais de modelos “orientados para a alta cilindrada” e modelos elétricos plug-in em 2025. 

A fabricante japonesa apresentará, ainda, modelos elétricos em diversas categorias, como superesportivos, naked, offroad, bicicletas infantis e ATVs, acelerando suas iniciativas para construir uma linha completa de modelos elétricos, adotando uma abordagem proativa para introduzir um total de mais de 30 modelos elétricos até 2030.

Ler o Anterior

Tesla apresenta Cybertruck com direito a show de Elon Musk

Ler o Próximo

SAE International define padrão mundial de recargas por indução

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular