Canal VE

18 de maio de 2024

Honda apresenta Ye, nova marca exclusiva para veículos elétricos

P7 é um dos modelos que será apresentado pela Ye no Salão do Automóvel de Pequim

Dois modelos, S7 e P7 (foto) da Ye serão apresentados no Salão do Automóvel de Pequim. Foto: Divulgação/Honda

A Honda anunciou a Ye, nova submarca focada exclusivamente em veículos elétricos, que deve ter sua primeira apresentação ao público durante o Salão de Automóvel de Pequim, que acontece entre os dias 25 de abril e 4 de maio de 2024. Durante o Salão de Pequim, a Ye vai mostrar dois modelos que devem chegar ao mercado ainda neste ano e um conceito esportivo. 

Entre os modelos que serão apresentados, estão os SUVs P7 e S7. Os modelos serão os primeiros carros adicionados ao portfólio da Ye, com previsão de lançamento até o fim de 2024. Além desses dois veículos, a Ye irá apresentar uma versão conceito, de um sedã esportivo, chamado pela montadora de GT Concept. Este modelo deve entrar em produção ainda neste ano, com início das vendas programadas para 2025

A Honda ainda não divulgou as características dos modelos. Espera-se que isso aconteça durante o Salão de Pequim.

A meta da Ye é lançar sete carros até o fim de 2027. Porém, apesar dos planos para se tornar uma marca mundial, os primeiros modelos da Ye serão lançados apenas na China. Com essa nova marca, a Honda planeja retomar o espaço perdido dentro do mercado chinês.

S7 é um dos modelos que será apresentado pela Ye no Salão do Automóvel de Pequim
Para a Honda, a nova submarca deve garantir o crescimento da montadora japonesa na China. Foto: Divulgação/Honda

Concorrência pesada na China

A China é o país que mais vende veículos elétricos no mundo, com uma participação de mercado de 57%, com 8 milhões de carros comercializados em 2023. Por conta disso, grande parte das montadoras iniciam seus projetos de eletrificação pela China, como é o caso da Honda com o lançamento da Ye. Entre as maiores montadoras do Japão e do mundo, a Honda vem perdendo espaço dentro do mercado chinês, principalmente pela falta de eletrificação da marca. 

Pensando em solucionar essa queda, a Honda vem fechando parcerias e sinalizando algumas novidades em seu portfólio. Uma das parcerias apresentadas recentemente foi com a Sony, para o lançamento do modelo Afeela, que, segundo ambas as empresas, é pensado para a mobilidade inteligente.

A intenção é ganhar cada vez mais espaço dentro do mercado de mobilidade elétrica, visto que esses modelos representaram menos de 0,5% das vendas mundiais da Honda, de cerca de 2,8 milhões de carros. De acordo com a montadora japonesa, esse número corresponde a cerca de 11 mil veículos.

Ler o Anterior

BMW Group vende 1 milhão de carros elétricos no mundo todo

Ler o Próximo

GWM atualiza linha Haval com novos nomes e configurações

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular