Canal VE

13 de abril de 2024

Creluz monta eletropostos no RS com carregadores da Siemens

Hub de recarga da Creluz, no norte do Rio Grande do Sul

Os hubs já estão disponíveis em algumas cidades do norte do Rio Grande do Sul. Foto: Divulgação/Creluz

A Creluz, cooperativa de energia do norte do Rio Grande do Sul, adquiriu oito carregadores da Siemens para a instalação de hubs de recarga, de uso público, em algumas cidades onde ela atua. Os eletropostos já estão em funcionamento, com pontos de recarga rápida (DC) e recarga lenta (AC).

As cidades onde os pontos de recarga estão disponíveis são: Ametista do Sul, Jaboticaba, Rodeio Bonito, Pinhal, Frederico Westphalen e Palmeira das Missões. O município de Ametista do Sul foi quem recebeu o eletroposto ultrarrápido, que já está em funcionamento.

O carregador de corrente contínua Sicharge D da Siemens possui potência de 160 kW, com 2 conectores do tipo CCS 2, potência escalável e possibilita o carregamento de dois veículos de grande porte simultaneamente. Nas demais localidades, os equipamentos são do modelo VersiCharge, de corrente alternada, com potência de 22 kW.

“Não há mais como negar que o conceito de cidade inteligente está diretamente ligado ao impacto que o transporte causa na vida das pessoas. A descarbonização é um tema urgente. E, neste momento, as discussões avançam para a relevância do transporte elétrico compartilhado, o tempo e local de carregamento e a infraestrutura necessária para isso acontecer”, aponta William Pereira, VP Brasil da Siemens Smart Infrastructure.

Cabe ressaltar que em todos os locais públicos, o funcionamento será no formato de autoatendimento 24 horas, exceto em Palmeira das Missões, que adotará horário comercial, de segunda a sexta-feira. O valor da recarga é de R$ 2,10 por kWh.

Ponto de recarga público da Creluz, no Rio Grande do Sul
Os pontos de recarga serão públicos, em sua maioria de recarga lenta (AC), com exceção do instalado em Ametista do Sul. Foto: Divulgação/Creluz

Mobilidade elétrica presente na cooperativa

A eletromobilidade já é algo no qual a cooperativa gaúcha observa há alguns meses. Em novembro de 2023, a Creluz deu início aos seus projetos voltados para a mobilidade elétrica com a aquisição de 6 veículos elétricos. Entre os modelos adquiridos estão: dois BYD Dolphin e quatro Renault Kwid E-Tech

De acordo com a cooperativa, o investimento total, tanto nos veículos elétricos, quanto na compra dos oito carregadores e instalação dos eletropostos, foi de R$ 1,6 milhão.

Dois BYD Dolphin e quatro Kwid E-Tech, adquiridos pela Creluz
Recentemente a cooperativa gaúcha comprou dois BYD Dolphin e quatro Kwid E-Tech. Foto: Divulgação/Creluz

Ler o Anterior

BYD aumenta investimentos na Bahia e planeja ter até prédios

Ler o Próximo

Carros eletrificados serão maioria nas vendas no Brasil até 2030

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular