Canal VE

14 de junho de 2024

Com caminhão elétrico, GWM distribui peças a concessionárias

Um rapaz entregando a caixa para o outro em frente a uma concessionária da BWM

A distribuição de peças são para 15 pontos de venda da marca e conta com 40 componentes. Foto: Divulgação/GWM

A GWM iniciou a distribuição de peças de reposição para 15 pontos de venda da marca. Os primeiros kits de manutenção contam com cerca de 40 componentes e incluem itens de manutenção básica e reparos de colisão. Um detalhe curioso: a distribuição dentro da grande São Paulo está sendo feita com caminhões 100% elétricos.

Inicialmente estão contempladas concessionárias de 11 estados, além do Distrito Federal: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina e São Paulo.

Neste kit estão peças que serão utilizadas em manutenção preventiva, como filtros, velas e pastilhas de freio, e também, componentes que são comumente utilizados na substituição de partes da carroceria afetadas em colisões frequentes no trânsito urbano, como faróis, lanternas, radiadores, para-choques e espelhos retrovisores externos.

Na segunda fase de distribuição de peças, as concessionárias receberão itens de complementos dos kits que foram distribuídos para a abertura dos pontos de venda. A distribuição vai variar de acordo com as quantidades comercializadas e com o número de pontos de distribuição em cada estado.

Essa distribuição é para reparos imediatos, mas as concessionárias já têm acesso a um estoque com mais de 50 mil peças armazenadas no Centro de Distribuição de Peças GWM Brasil, em Cajamar, na Grande São Paulo.

Caminhão elétrico estacionado em frente a uma concessionária da GWM
A distribuição dentro da grande São Paulo está sendo feita com caminhões 100% elétricos. Foto: Divulgação/GWM

Ampla presença no Brasil

A GWM busca essa expansão no mercado nacional. Para isso, a marca inaugurou 32 lojas em 14 estados do país.

Nestas lojas é possível conhecer de perto as três versões do modelo Haval H6 (Premium HEV, Premium PHEV e GT), além da realização de test drive. Além disso, os consumidores terão todas as informações e detalhes tecnológicos e comerciais dos veículos da GWM, em suas várias configurações. 

Estes locais chegam para complementar as concessionárias da marca, que estão em fase de abertura. Até o fim de maio de 2023 – data oficial de lançamento do Haval no mercado brasileiro –, cerca de metade das 52 revendas previstas também estarão de portas abertas para atender aos seus clientes.

“Mesmo antes de lançar oficialmente o nosso modelo, já abrimos a pré-reserva on-line por meio do Mercado Livre. Assim, mesmo que não haja uma concessionária na sua cidade, o cliente poderá comprar um carro da marca, dando um sinal de R$ 9.000. Quem quiser um Haval H6, sem dúvida, terá”, enfatiza Oswaldo Ramos, CCO da GWM Brasil.

Stand de shopping da GWM com carros parados para exposição
A GWM Brasil inaugurou 32 lojas em 14 estados do país, incluindo essa no Teresina Shopping (PI). Foto: Divulgação/GWM

Ler o Anterior

DHL adota veículos elétricos por meta de zero emissões até 2050

Ler o Próximo

Transporte público e delivery aceleram a eletrificação no Brasil

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular