Canal VE

24 de abril de 2024

BYD inaugura fábrica na Bahia e confirma produção para 2024

Representantes da BYD e governantes em oficialização da fabrica na Bahia

O evento contou com a participação de representantes do Governo Federal e da Bahia, além do CEO e fundador da BYD, Wang Chuanfu e da vice-presidente executiva e CEO para as Américas, Stella Li. Foto: Divulgação/GOVBA

Depois de uma longa espera e muitas conversas, a BYD finalmente pôde fazer a inauguração oficial de seu mais novo complexo industrial, em Camaçari (BA). Além disso, confirmou que vai fabricar no complexo três de seus carros eletrificados de maior sucesso no Brasil: o híbrido Song Plus e os 100% elétricos Dolphin e Yuan Plus

A cerimônia de abertura da nova fábrica, em 9 de outubro de 2023, contou com a presença do fundador e CEO Wang Chuanfu, da vice-presidente executiva e CEO para as Américas, Stella Li, e do presidente da BYD Brasil, Tyler Li, além de autoridades brasileiras, como o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, os ministros Rui Costa (Casa Civil) e Juscelino Filho (comunicações), e o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, entre outras personalidades. Ao todo, mais de 500 pessoas participaram da cerimônia.

O Brasil é um mercado incrivelmente promissor e pode ser um exemplo para o mundo de que a eletrificação não só é possível, como também melhora a vida de todos aqui”, afirmou Wang Chuanfu, CEO e fundador da BYD.

Este vai ser o maior polo industrial da greentech fora da China, o que é uma mensagem clara de como a companhia acredita, aposta e investe a longo prazo no potencial do mercado brasileiro, um dos mais importantes do mundo.

CEO e fundador da BYD, Wang Chuanfu, em discurso na Bahia
Para o CEO e Fundador da BYD, Wang Chuanfu, o Brasil é um “mercado incrivelmente promissor”. Foto: Divulgação/BYD

Geração de emprego e renda

Segundo a BYD, o novo complexo industrial contará com três linhas de produção diferentes, que produzirão chassis de ônibus, caminhões elétricos, veículos de passeio elétricos e híbridos, e processar lítio e ferro fosfato. 

A partir de agora, a expectativa é iniciar a produção entre o fim de 2024 e o início de 2025, com capacidade instalada próxima dos 150 mil veículos por ano durante a primeira fase de implantação.

De acordo com a empresa, o novo complexo vai gerar 5 mil empregos e colocará Camaçari de volta aos holofotes nacionais da indústria brasileira, transformando a cidade baiana em um polo de atração de fornecedores diversos ligados a toda cadeia produtiva, desde peças e acessórios até prestadores de serviços. Vale ressaltar que a fábrica de Camaçari, anteriormente ocupada pela Ford, passou por um longo processo judicial e político para poder voltar à ativa.

Capoeiristas durante o evento de lançamento da fábrica da BYD na Bahia
A nova instalação da BYD na Bahia deve gerar mais de 5 mil empregos. Foto: Divulgação/GOVBA

Inovação tecnológica

Para o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, a remodelação do complexo fabril de Camaçari faz parte de uma nova fase da reindustrialização do Brasil. “Hoje é um dia muito especial, e a BYD chega à Bahia e ao Brasil com o menor desemprego da última década. Estamos investindo em desenvolvimento inclusivo, com estabilidade e sustentabilidade. A reforma fiscal já está aprovada e a reforma tributária, em boas mãos. Esta é a nova industrialização que o presidente Lula lançou, baseada na inovação e sustentabilidade. Quando nós sonhamos juntos é o início de uma nova realidade”, disse.

Já o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, destacou a importância da instalação da fábrica no estado. “Agradecemos a oportunidade de estarmos aqui hoje colocando a pedra fundamental para que possa ser iniciada a construção de uma indústria com um novo modelo de cuidado ambiental e com a classe de trabalhadores. Hoje, aqui, há também a oportunidade para construção de uma nova Bahia e um novo Brasil”, disse o governador.

Representantes da BYD e do Governo baiano mostrando que haverá a isenção de IPVA para veículos elétricos no estado
Conforme prometido anteriormente, Jerônimo Rodrigues, governador da Bahia, confirmou a isenção de IPVA para veículos elétricos. Foto: Divulgação/GOVBA

Isenção do IPVA para carros elétricos e híbridos

Durante a cerimônia de inauguração da nova fábrica, o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, assinou um projeto de lei a ser enviado para a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), determinando a isenção do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) para os carros elétricos produzidos no Estado com valor de até R$ 300 mil

Para os veículos acima desse valor, será fixada uma taxa de 2,5% para o IPVA. A medida não se restringe apenas aos veículos da BYD, aplicando-se a qualquer automóvel elétrico, o que representa um incentivo para a indústria automotiva no estado.

Ler o Anterior

Raízen e 99 garantem desconto na recarga a motoristas do app

Ler o Próximo

Enel X Way amplia parceria com a Volvo por estrutura de recarga

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular