Canal VE

25 de fevereiro de 2024

SPTrans aprova o uso de ônibus elétrico da Marcopolo na capital

Ônibus da Marcopolo, Attivi Integral, será utilizado no transporte público em São Paulo

Após períodos de testes, SPTrans aprovou a utilização do Attivi Integral, da Marcopolo, no transporte público da capital paulista. Foto: Divulgação/Marcopolo

A São Paulo Transporte S/A (SPTrans), companhia responsável pela gestão do sistema de transporte público, aprovou a utilização do ônibus 100% elétrico da Marcopolo na capital paulista. O modelo Attivi Integral agora será oferecido para as operadoras do transporte público de São Paulo.

Com o incentivo para a eletrificação da frota de ônibus de São Paulo, que não permite mais a compra de modelos a combustão, a Marcopolo tem como meta comercializar 400 unidades do Attivi Integral com a capital já em 2024.

“Como principal fabricante brasileira de ônibus, reforçamos que estamos prontos para suprir as necessidades do transporte coletivo eletrificado de São Paulo. Temos a eletromobilidade como uma das principais iniciativas para contribuir com a descarbonização e o Attivi Integral é uma solução que conta com a tradição e a confiança de uma marca que está no mercado há mais de 70 anos”, comenta Ricardo Portolan, diretor de operações comerciais, mercado interno e marketing da Marcopolo.

Um ponto que foi crucial para a aprovação do Attivi Integral na cidade de São Paulo foi sua configuração adaptável, capaz de atender às condições de operação e durabilidade exigidas pelas operadoras. Algo que foi comprovado durante o período de testes.

Ônibus da Marcopolo, Attivi Integral, será utilizado no transporte público em São Paulo
Com essa aprovação, a Marcopolo planeja comercializar 400 unidades do Attivi Integral para São Paulo em 2024. Foto: Divulgação/Marcopolo

Período de testes em SP

Ao longo de três meses, o Attivi Integral foi submetido a diferentes avaliações, como o desempenho em subidas de até 17% na inclinação de rampas, com o carro totalmente carregado, testes de aceleração e frenagem de emergência, análises do sistema de direção, raio de giro e o mais complexo teste de autonomia, com condições de 50%, 75% e 100% de carregamento de passageiros, inclusive em temperatura ambiente mais severa, em torno de 37 °C.

“O Attivi conquistou excelente resultado na avaliação dos requisitos técnicos e está pronto para circular nas ruas da capital paulista. Inclusive, durante as avaliações, o sistema de ar-condicionado do ônibus também foi muito exigido e apresentou ótimo desempenho, permitindo uma temperatura de conforto aos passageiros e motorista”, revela o diretor da Marcopolo.

Durante os testes, o veículo manteve o desempenho das 6h às 22h, de forma ininterrupta, com uma recarga noturna de bateria.

Ônibus da Marcopolo, Attivi Integral, será utilizado no transporte público em São Paulo
Em três meses, o modelo foi submetido a testes rigorosos para a aprovação da SPTrans. Foto: Divulgação/Marcopolo

Ler o Anterior

IQA lança curso de capacitação voltado para a mobilidade elétrica

Ler o Próximo

BYD e Arval se unem por serviço de locação de carros eletrificados

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular