Canal VE

13 de abril de 2024

São José dos Campos consolida experiência com ônibus elétricos

Ônibus elétricos integram sistema de transporte de São José dos Campos

Ônibus elétricos da BYD integram sistema Linha Verde, em São José dos Campos. Foto: Adenir Britto/PMSJC

O projeto de VLP (Veículo Leve sobre Pneus) 100% elétrico de São José dos Campos (SP) transportou 32,1 mil passageiros em seis meses de operação piloto na cidade do Vale do Paraíba, resultado que consolida a experiência de transporte público de passageiros sem a emissão de poluentes.

No período, os 12 ônibus modelo D11B, articulado de 22 metros, produzido pela BYD no Brasil, fizeram 1.293 viagens, percorrendo mais de 23 mil quilômetros. Junho foi o mês com mais passageiros: 7.252 no total, em 240 viagens realizadas (4.766 quilômetros rodados). Os números foram divulgados pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de São José dos Campos.

A operação piloto vem sendo monitorada por agentes de trânsito e técnicos da prefeitura. A fase experimental do projeto deve continuar até a entrega da primeira etapa da Linha Verde, quando os modais serão integrados ao atual sistema de transporte público. 

Desde o início da operação, não há cobrança de tarifas aos passageiros. O VLP percorre um trajeto especial criado para o teste do modal e utiliza a estrutura dos pontos de ônibus já existentes. As viagens são realizadas de segunda a sexta-feira, nos sentidos região sul/Terminal Central e sentido contrário, em um percurso de cerca de 11 quilômetros por viagem, entre as 10h e 16h. 

Os veículos trafegam, em média, 250 quilômetros antes de uma nova recarga. O carregamento completo de cada veículo demora cerca de três horas.

Tecnologia 

De acordo com a BYD, cada ônibus elétrico articulado tem capacidade para 168 passageiros e conta com seis câmeras de alta definição, duas telas com infravermelho, conjunto ótico com faróis full led, acesso e espaço para cadeirantes e entradas USB. 

As portas contam com vão livre nos conceitos widedoor e slidedoor, facilitando o embarque e desembarque de passageiros, além de um sistema que evita que elas fechem quando há qualquer movimento próximo.

Além dos veículos utilizados em São José dos Campos, a BYD também produziu outros modelos de ônibus, com diferentes configurações, que estão sendo utilizados em Santos (SP) e no Rio de Janeiro (RJ).

Ainda de acordo com a fabricante chinesa, cada ônibus 100% elétrico fabricado por ela evita, em média, a emissão de 118,7 toneladas de CO2 ao ano na atmosfera, o equivalente ao plantio de 847 árvores por veículo (Considerando 72.000 km/ano).

Ler o Anterior

MINI Cooper 100% elétrico chega ao Brasil com tiragem limitada

Ler o Próximo

Saiba quais são as 7 motos elétricas mais baratas do Brasil

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular