Canal VE

14 de junho de 2024

Primeira ambulância elétrica do Brasil entrará em operação em SP

Ninguém quer uma carona em um veículo elétrico como esse, mas, se for preciso, ele estará lá para dar o suporte necessário. Clientes do Seguro Saúde da Porto Seguro, em São Paulo, terão à disposição em janeiro de 2023 a primeira ambulância totalmente elétrica do Brasil.

O modelo escolhido para a ambulância, Jac iEV750V, da Jac Motors, possui autonomia de 235 km e 163 cavalos de potência. De acordo com dados da montadora, a bateria tem capacidade de 92,6 kWh e leva cerca de 12h para atingir 100% de recarga ou 8h para alcançar 50%.

A escolha tem uma razão ecológica. Uma van de porte semelhante, a diesel, emite 200 toneladas de CO2 por ano, enquanto a iEV750V tem emissão zero. Além disso, a ambulância elétrica não tem câmbio, radiador, bico injetor, correias e bombas de injeção, entre outros itens típicos de um veículo a combustão, tornando a manutenção mais simples e até seis vezes mais econômica, segundo a montadora.

O valor da aquisição não foi anunciado, mas no site da Jac Motors, o modelo do veículo tem preços a partir de R$ 389.900,00 — sem contar com as modificações necessárias para a operação como uma ambulância.

Investimento em descarbonização

A operação com uma ambulância elétrica, inédita no país, faz parte dos planos da Porto de acompanhar as diretrizes firmadas no acordo assinado pela holding Porto, em junho deste ano, com a Rede Brasil do Pacto Global da ONU

“Assim como a Porto Saúde tem o objetivo de ser um porto seguro para a saúde das pessoas e da sua empresa, temos o compromisso de gerar segurança e práticas sustentáveis para a sociedade. Por isso, estamos focados em sempre investir em novas soluções e tecnologias que contribuam para essa construção, e a nova ambulância chega para reforçar esses princípios e valores”, ressalta Hamilton Cardomingo, diretor de operações da Porto Saúde.

Desde 2017, a Porto vem investindo na compra de veículos elétricos, os quais totalizam hoje 21 carros elétricos na frota da holding. Em 2021, a empresa deixou de emitir 6,2 toneladas de CO2 equivalente, conforme o Inventário de Gases de Efeito Estufa da Porto, que usa como metodologia o GHG Protocol.

Ler o Anterior

Svolt apresenta nova bateria que promete 1.000 km de alcance

Ler o Próximo

Você sabe quais celebridades dirigem carros elétricos? Veja a lista

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular