Canal VE

14 de junho de 2024

Na versão GT, Mustang Mach-e é confirmado no Brasil para outubro

Ford Mustang Mach-e branco andando em uma rodovia próxima a praia

Chegando em outubro no Brasil, a versão que será disponibilizada é a top de linha GT Performance. Foto: Divulgação/Ford

Após o sucesso de vendas nos Estados Unidos, a Ford revelou que o Mustang Mach-e chegará ao Brasil em outubro deste ano. A confirmação foi feita pelo CEO da Ford na América Latina, Daniel Justo, durante o Salão de Detroit, nos Estados Unidos.

O lançamento do SUV elétrico representa a estreia da Ford no segmento de carros 100% elétricos no mercado nacional. 

“O Mustang Mach-E não é apenas um veículo elétrico inovador, versátil e empolgante com emissões zero. Ele é um Mustang, um carro que incorpora o espírito de liberdade e o carisma do cupê esportivo mais vendido do mundo. É mais um ícone que vem para ampliar nossa linha e abre caminho para a nova era de carros 100% elétricos, trazendo para o consumidor brasileiro toda a inovação e experiência global da marca”, afirmou Daniel Justo, em Detroit. 

Ford Mustang Mach-e azul estacionado
O lançamento do modelo no mercado nacional representa a estreia da Ford nos elétricos aqui no Brasil. Foto: Divulgação/Ford

Versão top de linha para o Brasil

A versão disponibilizada para o mercado brasileiro será a mais potente do modelo. Em sua versão GT Performance, o Mustang Mach-e conta com dois motores elétricos que somados geram 487 cavalos de potência, com um torque de 87,7 kgfm. Com esses números, o Mustang Mach-e pode acelerar de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos.

A versão ainda conta com uma bateria de 91 kWh, que, no ciclo americano, garante uma autonomia de aproximadamente 418 quilômetros.

Ainda não se sabe o valor que o Mach-e chegará ao Brasil. O mesmo modelo é vendido nos Estados Unidos por US$ 63.390 (aproximadamente R$ 309 mil).

Mustang Mach-e vermelho estacionado em galpão
O Mustag Mach-e é um SUV 100 % elétrico com uma pegada esportiva, característica da linha premium da Ford. Foto: Divulgação/Ford

Plano de eletrificação mundial da Ford

O modelo faz parte do plano ambicioso da marca para o mercado mundial de veículos elétricos. A montadora planeja vender, até 2026, 2 milhões de carros elétricos no mundo.

“A Ford está investindo US$ 50 bilhões em eletrificação, entre 2022 e 2026. No final de 2023 nós já vamos estar vendendo 600 mil carros por ano. Até 2026, vamos estar vendendo, globalmente, 2 milhões de carros elétricos, o que é praticamente o volume total da indústria hoje, isso a Ford. E em 2030, a gente já deve estar vendendo 50% de toda a produção global em veículos elétricos”, detalhou o vice-presidente da Ford no Brasil, em entrevista exclusiva para o Canal VE, Rogélio Golfarb, em julho.

Ler o Anterior

Peugeot e-3008, 100% elétrico, promete alcance de até 700 km

Ler o Próximo

Volvo dá início à pré-venda do EX30, novo SUV 100% elétrico

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular