Canal VE

18 de maio de 2024

Kawasaki revela detalhes de moto elétrica confirmada para o Brasil

Exposição de motos elétricas da Kawasaki

Marca tradicional pelas suas motos de alta potência, Kawasaki estreia no mercado de VEs no mês de outubro. Foto: Divulgação/EICMA

A Kawasaki divulgou mais detalhes dos novos modelos elétricos apresentados pela marca. As motocicletas Ninja e-1 e Z e-1 chegarão ao mercado europeu em outubro de 2023. A marca já divulgou que o Brasil é um dos países que receberá os modelos 100% elétricos.

Segundo a marca, ambos os modelos compartilham do mesmo motor, a diferença fica por conta do tipo da motocicleta. A Ninja e-1 é o modelo mais famoso da marca e se enquadra no tipo esportivo, diferentemente da Z e-1, que é considerada uma naked.

Embora já anunciado pela marca que os modelos elétricos virão ao Brasil, não foi divulgada data e nem o valor das motocicletas para o mercado nacional.

Motociclista pilotando uma Kawasaki 100% elétrica
Com potência máxima de 12,1 cv e uma autonomia de até 72 km, ambos os modelos desembarcam no Brasil em breve. Foto: Divulgação/Kawasaki

Características da Ninja e-1 e da Z e-1

Com potências idênticas, as motocicletas são equipadas com um motor elétrico de potência nominal de 5 kW (equivalente a 6,8 cv), com capacidade de fornecer até 9 kW de potência (equivalente a 12,1 cavalos), em conjunto com um torque de 4,1 kgfm, permitindo alcançar até 99 km/h de velocidade máxima

Essas máquinas oferecem dois modos de pilotagem, “Road” e “Eco“, bem como a opção “e-boost” para atingir a potência máxima de 12 cv.

Com relação a bateria, ambos os modelos são equipados com baterias que, segundo a montadora, podem chegar a até 72 quilômetros de autonomia, o que é ideal para o deslocamento urbano. O sistema de baterias, dupla e removível, são conectadas em paralelo. Esse design, segundo a Kawasaki, permite aprimorar a eficiência da carga.

Para aproveitar essa autonomia, a bateria precisa de pouco mais de 3 horas para conseguir uma carga máxima.

Para otimizar a eficiência energética, as Ninja e-1 e Z e-1 estão equipadas com um sistema de frenagem regenerativa, que ajuda a recuperar durante a desaceleração.

Bateria dos modelos elétricos da Kawasaki, a Ninja e-1 e a Z e-1
Detalhe para a bateria dupla dos modelos elétricos da Kawasaki, a Ninja e-1 e a Z e-1. Foto: Divulgação/Kawasaki

Ler o Anterior

Shell inaugura na China a maior estação de recarga do mundo

Ler o Próximo

Volvo produzirá seu último carro movido a diesel no início de 2024

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular