Canal VE

14 de junho de 2024

GM investirá R$ 7 bi no Brasil com foco na sustentabilidade

Blazer EV, modelo elétrico da Chevrolet que deve chegar ao Brasil em 2024

Esses R$ 7 bilhões fazem parte de uma primeira fase de investimentos da GM no Brasil. Foto: Divulgação/GM

A General Motors (GM) anunciou um investimento de R$ 7 bilhões no Brasil, com foco em acelerar a mobilidade sustentável no país, especialmente em veículos elétricos. Conforme anunciado pela montadora, a quantia será aplicada no período de 2024 a 2028, e faz parte da primeira fase de investimentos no mercado nacional.

Esse valor será para a renovação completa do portfólio de veículos, desenvolvimento de tecnologias inovadoras e customizadas para o mercado local, além da criação de novos negócios. Além disso, as fábricas da GM no Brasil receberão melhorias para ficar mais modernas, ágeis e sustentáveis.

“O Brasil é estratégico para o plano global de expansão de negócios da GM. Além de ser um polo exportador de veículos para a América do Sul, conta com um amplo centro de desenvolvimento de engenharia e é um mercado com alto potencial de crescimento com vocação também para veículos de novas tecnologias, em sintonia com a matriz energética predominantemente limpa do país”, explica Shilpan Amin, presidente da General Motors International.

Equinox EV, modelo elétrico da Chevrolet que deve chegar ao Brasil em 2025
O investimento terá como foco o avanço da mobilidade sustentável. Foto: Divulgação/GM

Vocação para a mobilidade sustentável

Assim como outras montadoras, a GM também enxerga o Brasil como uma possível potência no segmento de mobilidade elétrica. Apesar disso, o presidente da montadora faz uma ressalva sobre o ambiente de investimento.

“É fundamental termos um ambiente de negócios interno mais competitivo e isonômico, que propicie cada vez mais investimentos e que esteja alinhado a este momento de transição para as novas tecnologias”, comenta Amin.

Além da montadora estadunidense, as chinesas BYD e GWM também enxergam no Brasil um futuro polo mundial de mobilidade sustentável. A primeira, inclusive, planeja a compra da Sigma Lithium, mineradora com operações de extração de lítio no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais. Já a GWM anunciou R$ 10 bilhões em investimentos na próxima década.

Centro Tecnológico da GM, na cidade de São Bernardo do Campo
Além de poder ser um polo sustentável, a GM enxerga no Brasil, um amplo centro de desenvolvimento de engenharia. Foto: Divulgação/GM

Elétricos confirmados para o Brasil

A GM deve trazer ao Brasil, enfim, o Chevrolet Blazer EV. O modelo já sofreu adiamentos em sua data de lançamento para o mercado nacional, porém, deve desembarcar neste ano.

O Chevrolet Blazer EV deve chegar ao Brasil em duas versões, com focos distintos: a RS, que destaca o design, e a SS, que agrega mais performance.

A Blazer SS, com tração integral AWD, foi projetada para entregar mais de 557 cv de potência e superar os 90 kgfm de força. Isso se traduz em uma aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 4 segundos, de acordo com estimativas da montadora. Além disso, conforme os dados divulgados pela Chevrolet, o modelo conta com uma autonomia de 466 km no ciclo americano.

Já a versão RS ainda não teve todos seus números divulgados, com exceção da autonomia, que promete chegar em 515 quilômetros com apenas uma carga.

O Chevrolet Equinox EV é outro modelo que deve chegar no Brasil, porém, apenas em 2025. O veículo faz parte da estratégia da montadora americana para o mercado nacional e, em um primeiro momento, será importado do México.

As especificações técnicas do modelo ainda não foram divulgadas pela montadora. Contudo, o modelo passa por homologação na China, e, conforme o que foi apresentado pelo Ministério da Indústria e Informação Tecnológica (MIIT) chinês, o Equinox elétrico terá versões de 203 cv com tração dianteira ou 244 cv e tração integral.

Blazer EV, modelo elétrico da Chevrolet que deve chegar ao Brasil em 2024
Modelo deve desembarcar no Brasil em 2024, marcando essa transformação da empresa no Brasil. Foto: Divulgação/GM

Ler o Anterior

Campinas (SP) tem a maior taxa de crescimento de VEs do Brasil

Ler o Próximo

Presidência recebe carro elétrico avaliado em R$ 529 mil da BYD

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular