Canal VE

13 de abril de 2024

Estapar e Mobilize se unem por melhor infraestrutura de recarga

Veículo Renault recarrega bateria em estacionamento

Estapar e Mobilize assinam convênio por postos de recarga. Foto: Divulgação

Aumentar a infraestrutura de carregamento de veículos elétricos no Brasil. Esse é o objetivo da parceria entre a Estapar, rede de estacionamentos, e a Mobilize, unidade de negócios do Grupo Renault em soluções de mobilidade. As duas empresas anunciaram em conjunto em 21 de julho de 2022 uma parceria para oferecer pontos de recarga de baterias gratuitos para veículos 100% elétricos Renault, por meio da rede Ecovagas.

Criada em 2020 pela Estapar em parceria com a EnelX, a rede Ecovagas possui mais de 200 pontos de recarga instalados em 29 cidades de 13 estados brasileiros. Todos os veículos podem usufruir deste benefício, mas a gratuidade vale apenas para os usuários de veículos elétricos Renault. Para isso, os motoristas devem se cadastrar por meio do aplicativo Vaga Inteligente.

Além disso, a Estapar também assinou acordo com a Zletric, empresa especializada em energia para recarga de veículos elétricos e híbridos. Isso vai permitir a ampliação da rede para 500 pontos. A expectativa é que, até o fim de 2022, estejam disponíveis até mil pontos de recarga no Brasil.

Reações

Para o CEO da Estapar, André Iasi, os acordos são importantes para fortalecer a infraestrutura disponível para a renovação da frota de veículos no Brasil. “Queremos criar um ecossistema escalável e que apoie e fortaleça a infraestrutura do mercado automotivo para mobilidade elétrica, oferecendo aos nossos clientes e parceiros conveniência com o que há de mais moderno e inovador dentro do setor”, afirma.

Ricardo Mendes, Head Mobilize no Brasil, diz que o mercado está em constante mudança e é preciso oferecer novas soluções para os consumidores. “No Brasil, temos diversas iniciativas de mobilidade e energia, alinhadas com a estratégia mundial Mobilize. Nosso objetivo é oferecer soluções para as diversas necessidades dos clientes.”

Ler o Anterior

Em teste, robô da Ford promete acessibilidade a posto de recarga

Ler o Próximo

Com novos suprimentos, Ford planeja produzir 600 mil VEs em 2023

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular