Canal VE

13 de abril de 2024

Equinox EV completa linha de elétricos da GM; Brasil está na rota

Visão frontal do Equinox EV azul

Equinox EV é um SUV acessível para as famílias. Foto: Divulgação/GM

Depois de mostrar ao público o Silverado e o Blazer elétricos, a GM anuncia seu terceiro veículo elétrico no ano: o Equinox EV. O SUV de médio porte é a aposta da companhia para atrair as famílias que desejam fazer a transição para a mobilidade elétrica.

A expectativa é que o Equinox tenha autonomia de 500 quilômetros com carga completa e seja a opção mais acessível de sua categoria. Apesar do anúncio, a previsão é que o Equinox chegue ao mercado norte-americano no fim de 2023. Só depois é que será comercializado no Brasil, de acordo com o comunicado da montadora.

O novo modelo complementa o portfólio global de elétricos da marca, composto pelos Bolt EV e Bolt EUV, atuais modelos de entrada da marca, e os futuros Blazer EV (SUV premium) e Silverado EV (picape de grande porte).

Visão lateral do Equinox EV circulando por uma praia
Equinox EV deve chegar primeiro nos Estados Unidos, em 2023. Foto: Divulgação/GM

“Estamos em um ponto de inflexão onde os VEs se tornarão a principal escolha da próxima geração de consumidores, e o Equinox EV será o produto que vai liderar esta trajetória para nós”, disse acreditar Mary Barra, presidente e CEO da General Motors. “Com a flexibilidade proporcionada pela plataforma Ultium da GM, vamos oferecer para o mercado veículos elétricos nas mais variadas faixas de preço e propostas.”

Além da tecnologia Ultium (composta por plataforma, conjunto de baterias e propulsão), o Equinox EV chama a atenção pelo sistema multimídia com tela de 17,7 polegadas e por recursos de assistência ao motorista, como o Super Cruise, capaz de conduzir o veículo praticamente de forma autônoma por estradas compatíveis.

Visão do painel do Equinox EV
Painel do Equinox EV tem tela de 17,7 polegadas. Foto: Divulgação/GM

Performance e carregamento

A configuração padrão do Equinox EV conta com tração dianteira, 213 cavalos de potência e 33,5 kgfm de torque instantâneo, de acordo com as estimativas da marca. Há também outra configuração, com tração integral eAWD de 294 cavalos e 47,8 kgfm.

As duas versões têm a tecnologia One-Pedal Driving, que permite ao motorista conduzir o veículo apenas pressionando o acelerador. Ao aliviar a pressão, o veículo inicia o processo de frenagem regenerativa, reaproveitando a energia para recarregar a bateria.

Visão do plugue para recarga do Equinox EV
Equinox EV é um SUV movido 100% a bateria. Foto: Divulgação/GM

O SUV também possui a mais recente tecnologia de carregamento. O sistema padrão de 11,5 kW (CA) pode somar até 56 km de autonomia estimada por hora de carga. O carregamento de 19,2 kW (CA) nas versões mais sofisticadas pode somar até 85 km de autonomia estimada por hora de carga. Já a capacidade padrão de carga rápida (CC) de até 150 kW permite adicionar aproximadamente 115 km de autonomia estimada em 10 minutos de carga.

A produção será na fábrica da GM em Ramos Arizpe, no México.

Ler o Anterior

Polêmica: craque do PSG zomba de pergunta sobre mobilidade limpa

Ler o Próximo

Moradores de São Paulo com veículo elétrico terão desconto no IPTU

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular