Canal VE

14 de junho de 2024

Curitiba utilizará carros elétricos como táxis para a população

Renault Zoe E-Tech, todo caracterizado como táxi, na cor laranja, circula pelas ruas de Curitiba.

Curitiba fará experiência com táxi elétrico. Foto: Divulgação/Renault.

A cidade de Curitiba (PR) vai utilizar veículos elétricos como táxis em 2023. Os detalhes do projeto serão anunciados futuramente, mas incluem a adoção de seis veículos elétricos da Renault adquiridos pela ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) para motoristas selecionados.

O anúncio foi realizado pela Renault e pela Mobilize, marcas do Renault Group, durante o Smart City Expo, realizado em Curitiba, no dia 23 de março de 2023. A parceria com a ABDI e com a URBS (Urbanização de Curitiba S/A), que vai selecionar os motoristas, tem o objetivo de deixar a mobilidade urbana na capital paranaense mais sustentável.

“A parceria com o Grupo Renault está alinhada com o propósito de Curitiba com a redução de emissões e a substituição da matriz fóssil pela elétrica. Ancorada no PlanClima, a capital prevê reduzir em 20% as emissões de gases do efeito estufa (GEE) até 2050”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da URBS. 

A empresa é responsável pelo gerenciamento do setor de táxi no município e vai lançar um edital de chamamento para a participação nos testes elétricos. Seis táxis elétricos vão rodar nas ruas do município nos próximos seis meses, apresentando a tecnologia para a população. 

A primeira unidade do Renault E-Tech como táxi elétrico foi entregue ao prefeito de Curitiba, Rafael Greca. 

Renault Zoe E-Tech, todo caracterizado como táxi, na cor laranja, é apresentado em Curitiba.
Renault Zoe E-Tech é entregue para a prefeitura de Curitiba. Foto: Divulgação/Renault.

 

Inovação na mobilidade urbana

O evento teve a presença de Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil, Ricardo Mendes, Head Mobilize Beyong Automotive no Brasil, Igor Calvet, presidente da ABDI, além de   Eduardo Pimentel, vice-prefeito de Curitiba e secretário de Estado das Cidades e de Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da URBS.

“A Renault e a ABDI já são parceiras de longa data em projetos estratégicos de mobilidade, como os projetos de compartilhamento de veículos elétricos VEM (Veículo para eletromobilidade) DF e VEM PR. Essa nova parceria é mais um passo de todos os parceiros na implementação de soluções inovadoras de mobilidade”, explica Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

Ler o Anterior

Mais da metade dos brasileiros quer ter carro híbrido ou elétrico

Ler o Próximo

Ricardo Bastos, diretor da GWM, assume a presidência da ABVE

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular