Canal VE

14 de junho de 2024

Com 9,3 mil emplacamentos, VEs batem novo recorde de vendas

Carro elétrico amarelo realizando recarga

Com novo recorde em agosto, Brasil atinge a marca de mais de 49 mil VEs emplacados de janeiro a agosto de 2023. Foto: Envato/Elements

Com 9.351 emplacamentos no mês de agosto, as vendas de veículos eletrificados superaram em 25% o recorde anterior. No acumulado do ano, ou seja, de janeiro a agosto de 2023, o Brasil emplacou 49.052 eletrificados leves, o que significa quase o mesmo número de todo o ano anterior, que foi de 49.245.

A participação dos plug-in (BEV e PHEV) sobre o total de vendas de eletrificados foi de 52% em agosto (4.874 veículos), um pouco mais do que a soma dos híbridos convencionais (HEV e HEV flex), que não têm carregamento externo da bateria, com 48% (4.477 veículos). O crescimento dos últimos meses foi fortemente impulsionado pelas marcas chinesas, como BYD e GWM, que têm sido agressivas no lançamento de novos modelos.

“Esses números são importantes, pois consolidam todo um ecossistema de mobilidade elétrica pautado pela inovação e pelo desenvolvimento tecnológico. Eles mostram que a eletromobilidade é irreversível também no Brasil”, declara Ricardo Bastos, presidente da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE).

Mercado aquecido e crescendo

O mercado dos eletrificados no Brasil já é o presente, e os números de emplacamentos e as marcas que chegam ao mercado nacional mostram isso.

Ainda sem contabilizar as vendas do GWM Ora, que atingiu a marca de 200 vendas em dois dias de lançamento, o BYD Dolphin domina com folga a lista dos 100% elétricos vendidos no Brasil. O Dolphin emplacou 371 unidades no mês de agosto, o que significa mais que o dobro do segundo colocado, que também é da BYD, o D1, com 153. Fechando o pódio, outro carro da montadora chinesa, o Yuan Plus, com 132 unidades comercializadas. Vale destacar que a BYD anuncia que o Dolphin já tem mais de 4 mil unidades comercializadas, mas apenas os carros já entregues — e emplacados — entram para a conta.

BYD Dolphin circula por rua com árvores ao fundo
A BYD ficou com as três primeiras posições no número de emplacamentos no Brasil em agosto de 2023, com destaque para o Dolphin. Foto: Divulgação/BYD.

Dentro dos modelos híbridos plug-in (PHEV), a liderança em emplacamentos continua com a mesma marca. A BYD lidera com o Song Plus, com 761 unidades, seguido pelo Caoa Chery Tiggo 8, que atingiu o número de 691 unidades emplacadas no mês de agosto. O terceiro colocado ficou com o GWM Haval H6 GT, com 519. Já o Haval H6 Premium PHEV é o quarto da lista, com 412 unidades. Assim, com as duas versões somadas, o Haval lidera a lista dos híbridos plug-in, com 931 unidades comercializadas no mês.

BYD Song Plus é visto em uma praia, com o mar ao fundo
Nos híbridos plug-in, o Song Plus é quem lidera os emplacamentos do mês de agosto. Foto: Divulgação/BYD

Com relação aos modelos híbridos convencionais (HEV), sem novidades com os dois primeiros colocados. O já consolidado Corolla tem duas versões na liderança: o modelo Cross XRX (851) é seguido pelo modelo sedã (752). Completa o pódio o GWM Haval H6 HEV (520 unidades).

Toyota Corolla Cross branco trafega em rua da cidade
Híbrido, Toyota Corolla Cross é o carro eletrificado mais emplacado do Brasil no mês de agosto. Foto: Divulgação/Toyota

Ler o Anterior

Renault mostra, na Alemanha, o novo Scenic E-Tech 100% elétrico

Ler o Próximo

Volvo inaugura o maior hub de recarga da América Latina em SP

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular