Canal VE

24 de abril de 2024

Caminhão elétrico da Volvo é destaque em feira de logística

A Volvo aproveitou a Fenatran 2022 — feira de transporte e logística, realizada em São Paulo, entre 7 e 11 de novembro — para apresentar o caminhão 100% elétrico da marca, o FM Electric, aos brasileiros. Mais que isso, o presidente do Grupo Volvo América Latina, Wilson Lirmann, afirmou que a companhia pretende fabricar o caminhão no Brasil em breve.

“Nós vamos fabricar caminhões elétricos no Brasil. A grande questão é quando. Precisamos ver várias questões e trabalhar uma cadeia de fornecedores. Mas o Brasil é um mercado estratégico no nosso processo de descarbonização”, afirmou Lirmann aos jornalistas na abertura do evento na capital paulista.

De acordo com a marca, o FM Electric é um veículo para distribuição urbana e regional, com autonomia de até 300 quilômetros e zero emissão de carbono. Ainda não há data de início de comercialização no País. Mas a expectativa é que, em 2023, o modelo participará de testes com transportadores brasileiros em diferentes operações.

Homem transporta caixa ao lado de caminhão elétrico da Volvo em rua de cidade
Volvo FM Electric foi concebido para logística urbana. Foto: Divulgação/Volvo.

“Trazer o FM Electric para o Brasil é um importante marco no nosso compromisso com o transporte livre de combustíveis fósseis. A eletrificação do transporte de cargas por caminhões pesados já é uma solução viável na Europa e logo será aqui também”, afirma Lirmann. 

Em 2019, a marca foi a primeira entre os fabricantes tradicionais a oferecer caminhões 100% elétricos. Produzindo em série modelos semipesados e pesados, atualmente a Volvo tem uma oferta completa deste tipo de veículo na Europa (onde é líder em elétricos) e nos EUA.

Alto desempenho

O FM Electric tem potência de até 490 kW (660hp). Equipado com a caixa de câmbio I-Shift, é um veículo que pode ser utilizado em diferentes operações: desde o transporte de produtos industrializados, como cargas refrigeradas, alimentos e bebidas, até bens de consumo e hortifrutigranjeiros, podendo ser implementado com baú ou sider, em carretas de dois ou três eixos.

O caminhão tem opções com PBTC (Peso Bruto Total Combinado) de até 44 toneladas. Pode ser equipado com pacotes de duas a seis baterias (180-540 kWh), dependendo do tipo de aplicação a que for destinado. Com suspensão a ar em todos os eixos, é dotado de freios de regeneração (recupera a energia quando o freio é acionado). 

Mulher conecta equipamento de recarga em caminhão Volvo FM Electric
Volvo FM Electric pode ser recarregado em corrente alternada ou corrente contínua. Foto: Divulgação/Volvo.

“É uma tecnologia bastante útil e eficiente para operações urbanas, na qual as frenagens e arrancadas são constantes”, declara Alan Holzmann, diretor de planejamento de produto da Volvo Trucks na América Latina.

Ainda de acordo com a montadora, a recarga pode ser feita em corrente alternada, no período noturno, em estações montadas no pátio da transportadora, ou mesmo em pontos de recarga rápida de corrente contínua, instalados em rodovias, por exemplo.

Outro destaque elencado pela fabricante é o baixíssimo nível de ruído, o que torna o veículo uma excelente opção para executar tarefas urbanas e à noite, sem provocar poluição sonora e incômodo em áreas residenciais. 

O Volvo FM Electric, importado da Suécia, deve ser comercializado no Brasil em 2023.

Ler o Anterior

Raízen lança serviço de recarga de carros elétricos por assinatura

Ler o Próximo

“Brasileiro”, Lewis Hamilton prefere dirigir carros elétricos

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular