Canal VE

18 de maio de 2024

BYD e 99 anunciam 300 novos carros elétricos para o aplicativo

Carro branco da BYD passando pela ponte estaiada, em São Paulo

Serão 300 veículos elétricos da BYD para o motorista da 99 alugar. Foto: Divulgação/BYD

A Aliança pela Mobilidade Sustentável, liderada pela 99, anunciou 300 novos carros elétricos, do modelo BYD D1, para compor a frota disponível aos motoristas parceiros do transporte por aplicativo. Com essa aquisição, o aplicativo passa a ter a maior frota de veículos elétricos do país, tendo a cidade de São Paulo como pioneira para a iniciativa.

Os 300 automóveis estarão disponíveis para locação por motoristas parceiros da 99 entre julho e outubro deste ano, e contará com parte do valor do aluguel subsidiado pela plataforma, como forma de tornar a iniciativa mais acessível. 

O Santander Brasil, membro da Aliança, será o responsável pela operação financeira e, também, pela condição especial de crédito para aquisição dos veículos.

“Este é mais um importante passo rumo a cidades mais inteligentes e sustentáveis. Com os veículos D1 EV, trabalhamos para que São Paulo — metrópole escolhida para receber o projeto — seja hub inicial para veículos de matriz energética limpa, sendo mais acessíveis aos motoristas parceiros da 99 tanto em termos financeiros quanto de infraestrutura”, afirma Thiago Hipolito, diretor de inovação e líder do DriverLAB na 99.

Com o anúncio, a BYD completa a trinca de novidades para a eletromobilidade brasileira em uma semana, após o lançamento no mercado nacional do BYD Dolphin, e a confirmação de que a empresa chinesa vai assumir a fábrica de Camaçari (BA) com investimentos de R$ 3 bilhões.

Carro elétrico branco da BYD parado no meio da rua
O BYD D1 é o modelo projetado para o transporte de pessoas. Foto: Divulgação/BYD

BYD D1

O carro da marca chinesa foi projetado pensando no transporte de passageiros. O modelo conta com portas deslizantes na parte traseira, o que facilita o embarque e desembarque rápido do passageiro. Com 4,390 m de comprimento, e um entre-eixo de 2,8 m, o veículo oferece porte de SUV médio, mas internamente remete a um sedã grande de luxo, ideal para o conforto do passageiro.

Com relação à potência, o motor elétrico entrega 136 cv e 18,3 kgfm de torque máximo, com velocidade máxima limitada em 130 km/h

A bateria, com 53 kWh de capacidade, garante que a autonomia do BYD D1 chegue a 258 km no ciclo PBEV (Inmetro), com recarga total de 1 hora e 30 minutos com carga rápida DC e de 9h em carregamento AC.

Todos esses recursos combinados ainda geram uma economia do custo operacional dos motoristas parceiros em até 80%, em comparação aos veículos a combustão.

Ler o Anterior

Carros elétricos e híbridos batem recorde de vendas no semestre

Ler o Próximo

Stellantis lança plataforma para a produção de carros elétricos

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular