Canal VE

25 de fevereiro de 2024

BMW produz o último motor a combustão interna na Alemanha

Vista aérea da fábrica da BMW em Munique, na Alemanha

Fábrica da BMW em Munique só produzirá veículos elétricos a partir de agora. Foto: Divulgação/BMW.

A BMW produziu seu último motor a combustão de oito cilindros na fábrica de Munique, na Alemanha, em novembro de 2023. A partir de agora, a planta, existente há 60 anos e até então especializada na construção de motores movidos a combustão interna, será totalmente convertida para a fabricação de veículos elétricos

É verdade que a empresa ainda produzirá os motores a combustão, mas essa tarefa está sendo transferida para outros centros, como o de Steyr, na Áustria, e o de Hams Hall, no Reino Unido, para falar apenas de localidades europeias. 

Assim, a fábrica de Munique, que já produz o i4 totalmente elétrico desde 2021, será utilizada apenas para veículos elétricos. A BMW está investindo cerca de 400 milhões de euros (R$ 2,1 bilhões) para converter a linha de montagem da sede da empresa. 

Apesar disso, não haverá demissões. Segundo a empresa, os 1,2 mil trabalhadores da planta serão requalificados ou destacados para outras áreas no futuro, na própria fábrica ou em outras instalações da BMW. 

O Conselho de Trabalhadores saudou a decisão e o investimento multimilionário em 2020 — quando o plano de conversão da linha de montagem foi anunciado — e falou de um “modelo para uma transformação organizada com sucesso na indústria alemã”.

Linha de montagem do BMW i4
BMW i4, totalmente elétrico, é produzido na fábrica de Munique. Foto: Divulgação/BMW.

Reorganização planejada

Com a reorganização da fábrica principal em Munique, a produção alemã de carros elétricos da BMW ganha mais força. Além do i4 fabricado em Munique, os modelos iX, i7 e i5 estão na linha de produção de Dingolfing. Já os SUVs elétricos iX1 e iX2 são produzidos em Regensburg, enquanto um centro de testes de baterias está sendo construído na fábrica de Wackersdorf. Exemplos de que todas as fábricas da Alemanha estão diretamente envolvidas com a produção dos componentes desses veículos. 

Além disso, a população de Strasskirchen aprovou, em referendo, que a BMW seja autorizada a construir ali a sua nova fábrica de montagem de baterias. O plano é que a empresa monte os conjuntos de baterias no local e depois os distribua para as linhas de montagens dos veículos elétricos espalhadas pelo país.

As decisões da empresa priorizam a eletrificação dos veículos em seu país de origem, deixando os motores a combustão no passado, ou em outros mercados. 

Ler o Anterior

Evoke promete moto elétrica com autonomia de até 660 km

Ler o Próximo

Hyundai terá fábrica exclusiva de carros elétricos na Coreia do Sul

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular