Canal VE

18 de maio de 2024

ZF vai fabricar inversores mais eficientes para carros elétricos

Imagem mostra detalhe da pastilha de carboneto de silício, que tem estrutura oval na cor amarela

ZF encomenda semicondutores de carboneto de silício para a STMicroelectronics. Foto: Divulgação/ZF.

A empresa alemã de tecnologia ZF e a fabricante de semicondutores STMicroelectronics anunciaram um acordo bilionário de fornecimento dos dispositivos à base de carboneto de silício para o inversor modular da ZF, que entrará em produção em série em 2025. 

O inversor é o cérebro dos sistemas de transmissão elétricos. Ele gerencia o fluxo de energia da bateria para o motor elétrico e vice-versa. Assim, o veículo elétrico carrega mais rápido, vai mais longe e tem mais espaço quando equipado com semicondutores à base de carboneto de silício.

Leia mais: O que são semicondutores e por que os carros precisam deles?

Por meio de um contrato plurianual, a ST fornecerá milhões de semicondutores de carboneto de silício que serão integrados à arquitetura do inversor da ZF. Assim, a empresa alemã poderá alavancar a indústria automotiva voltada à eletromobilidade.

“Com este passo estrategicamente importante, estamos fortalecendo nossa cadeia de suprimentos para poder abastecer nossos clientes com segurança. A nossa carteira de encomendas em eletromobilidade até 2030 aumenta agora para mais de 30 bilhões de euros. Para este volume, precisamos de vários fornecedores de confiança para semicondutores de carboneto de silício”, disse Stephan von Schuckmann, membro do Conselho Mundial da ZF responsável pela eletromobilidade. 

“Com a STMicroelectronics, temos um fornecedor cuja experiência com sistemas complexos atende aos nossos requisitos e que, acima de tudo, pode produzir esses dispositivos com qualidade excepcionalmente alta e nas quantidades necessárias”, completou.

A ST fabricará os chips de carboneto de silício em suas fábricas de produção na Itália e em Cingapura com embalagem dos chips em STPAK, um pacote avançado, com testes previstos para serem feitos em suas instalações no Marrocos e na China.

detalhe de um semicondutor de aproximadamente 2 cm na mão de uma pessoa
Semicondutores são muito utilizados em circuitos eletrônicos. Foto: Envato/Elements.

Inversores modernos

Os inversores tornaram-se mais eficientes e mais complexos a cada etapa de desenvolvimento. A combinação do design do inversor e dos semicondutores à base de carboneto de silício é a chave para melhorar o desempenho do veículo elétrico

Semicondutores de carboneto de silício reduzem significativamente as perdas de energia em inversores de carros elétricos, bem como em turbinas eólicas e inversores fotovoltaicos. Construídos com carboneto de silício, eles têm vantagens decisivas em relação aos produtos convencionais à base apenas de silício, como maior eficiência, densidade de potência e confiabilidade. Ao mesmo tempo, eles permitem projetos de sistemas menores e mais econômicos. Assim, um carro elétrico pode carregar mais rápido e ter um alcance maior, além de oferecer mais espaço interno.

“A chave para o sucesso na tecnologia de veículos elétricos é maior escalabilidade e modularidade com maior eficiência, pico de potência e acessibilidade. Nossas tecnologias de carboneto de silício ajudam a oferecer esses benefícios e estamos orgulhosos de trabalhar com a ZF, uma fornecedora automotiva líder em eletrificação, para ajudá-los a diferenciar e otimizar o desempenho de seus inversores”, disse Marco Monti, membro do conselho da ST.

Ler o Anterior

Volkswagen revela detalhes de nova tração para carros elétricos

Ler o Próximo

Seres e Huawei ampliam parceria por carros mais tecnológicos

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular