Canal VE

18 de maio de 2024

Will Smith embarca em mundial de lanchas elétricas em Veneza

Will Smith anunciando a sua equipe na E1 Series

Will Smith se junta a outros astros mundiais nas corridas do E1 Series. Foto: Divulgação/E1 Series

O Campeonato Mundial de lanchas elétricas, também conhecido como E1 Series, chega à segunda etapa, a ser disputada em 11 e 12 de maio de 2024, em Veneza, na Itália, com uma nova equipe, comandada pelo astro de Hollywood Will Smith.

O ator e produtor se junta à categoria, que tem o objetivo de difundir a sustentabilidade e eficiência dos motores elétricos para a mobilidade em todas as formas. Outros nomes bastante conhecidos mundialmente como fundadores: o tenista Rafael Nadal, o piloto Sergio Perez, o DJ Steve Aoki, o ex-jogador de futebol americano Tom Brady e o cantor e compositor Marc Anthony, entre outros (veja a lista completa abaixo).

A disputa em Veneza será a segunda da temporada de estreia da categoria. Will Smith comanda a equipe Westbrook Racing.

“Como fã de corridas, a oportunidade de fazer parte da frota E1 e desempenhar um papel na concretização da sua visão mais ampla me inspirou muito. Toda a equipe Westbrook está realmente entusiasmada em trazer a Westbrook Racing para a água e se juntar a um grupo tão incrível para esta corrida”, falou o ator.

Barco elétrico correndo pelo E1 Series
E1 Series vai para sua segunda etapa da primeira temporada, em Veneza, na Itália. Foto: Divulgação/Team Blue Rising

Equipes e estrelas do E1 Series

Após a chegada de Smith, são nove equipes que estão na disputa do campeonato mundial de lanchas elétricas. Cada uma deve ter, obrigatoriamente, dois pilotos, sendo um homem e uma mulher

Assim como em outras categorias, as equipes também contam com engenheiros e mecânicos responsáveis por manter o funcionamento da lancha elétrica.

Confira abaixo a lista com o nome das equipes e as estrelas que representam cada time:

  • Aoki Racing Team: representada pelo DJ e produtor musical norte-americano, Steve Aoki;
  • Sergio Perez E1 Team: equipe do piloto de Fórmula 1, o mexicano Sergio Perez;
  • Team Blue Rising: liderada pelo jogador de críquete indiano, Virat Kohli;
  • Team Brady: fundada pelo ex-jogador de futebol americano, Tom Brady;
  • Team Brazil: equipe do bilionário boliviano, Marcelo Claure;
  • Team Drogba: time capitaneado pelo ex-jogador de futebol, Didier Drogba;
  • Team Miami: tem como dono o cantor e compositor norte-americano, Marc Anthony;
  • Team Rafa: liderada pelo tenista espanhol, Rafael Nadal;
  • Westbrook Racing: a equipe mais recente é representada pelo ator, produtor de cinema e músico, Will Smith.  
Disputa por posição no E1 Series
Na primeira etapa, o Team Brady venceu a etapa de Jeddah. Foto: Divulgação/E1 Series vai para sua segunda etapa da primeira temporada, em Veneza, na Itália. Foto: Divulgação/Team Blue Rising

Equipe “brasileira” 

O E1 Series conta com uma equipe chamada de “Team Brazil”, é representada pelas cores do país, mas, com exceção de um dos sócios, o brasileiro Duda Melzer, não possui ligação direta com o Brasil. 

O dono da equipe é o empresário boliviano Marcelo Claure, um dos fundadores do Inter Miami, atual clube de futebol de Lionel Messi e presidido por David Beckham, que também foi um dos fundadores. Claure também é dono do Bolívar, principal clube boliviano e também parte do Girona, sensação da atual temporada do Campeonato Espanhol. 

Lancha elétrica do Team Brady
As lanchas elétricas são de alta velocidade e podem chegar a 100 km/h. Foto: Divulgação/Team Brady

Como funciona o E1 Series

O E1 Series é uma corrida de lanchas elétricas de alta velocidade, que podem atingir uma velocidade máxima de 100 km/h

As corridas acontecem em três etapas: a primeira consiste em algumas voltas com todos os barcos envolvidos. Essa primeira corrida serve como qualificação para as duas etapas seguintes, formando uma semifinal com quatro equipes em cada chaveamento. Os dois primeiros de cada confronto disputam a Super Final, enquanto os dois últimos de cada chave disputam o Place Race.

Na Super Final está em disputa os primeiros lugares da etapa e na Place Race serve para completar o grid com a pontuação de cada equipe ao final do GP. Essas duas etapas são disputadas duas vezes, uma com cada piloto. 

Vale lembrar que esse foi o modo de disputa na etapa de estreia da categoria, em Jeddah, na Arábia Saudita, quando o pitlane contava com 8 equipes, sem a novata Westbrook Racing. O Team Brady foi o vencedor da primeira etapa.

Ler o Anterior

Novo PAC Seleções financiará mais de 2,5 mil ônibus elétricos

Ler o Próximo

O que sabemos sobre as baterias de sódio na eletromobilidade?

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular