Canal VE

14 de junho de 2024

Vendas de eletrificados registra o segundo melhor mês da história

Imagem mostra detalhe de conexão para recarga em carro elétrico azul

Mercado de veículos eletrificados está em expansão no Brasil. Foto: Envato/Elements.

Com 4.995 unidades emplacadas em novembro, as vendas de veículos leves eletrificados registraram o segundo melhor mês na série histórica da ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), perdendo apenas para o mês de setembro de 2022, quando 6.391 unidades foram emplacadas.

Assim, o total de vendas de veículos desse segmento no acumulado de janeiro a novembro de 2022 chegou a 43.658 unidades, 25% a mais que o total registrado em todo o ano passado (34.990 unidades). 

Gráfico mostra a evolução do mercado de veículos eletrificados no Brasil em 2022
Evolução do mercado de veículos eletrificados no Brasil. Fonte: ABVE.

De acordo com a ABVE, a região Sudeste detém 50% dos veículos eletrificados emplacados no Brasil em 2022, sendo que São Paulo é o Estado com maior participação desses veículos (32,6% do total no ano).

O mercado de eletrificados, que compreende os carros totalmente elétricos a bateria e os híbridos, deve fechar o ano próximo da marca de 50 mil veículos vendidos em 2022, provando que esse mercado está em plena expansão. Vale destacar que no final de julho, a ABVE divulgou que o Brasil tinha atingido a marca de 100 mil veículos eletrificados em circulação.

Gráfico mostra a evolução das vendas de veículos eletrificados no brasil de 2012 a 2022.
Série histórica do mercado de eletrificados no Brasil. Fonte: ABVE.

Como comparação, as vendas totais de automóveis e comerciais leves, independentemente do tipo de motorização, caiu 1,42% no acumulado de janeiro a novembro de 2022, em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com levantamento da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores).

Híbridos plug-in (PHEV) lideram

O aumento nas vendas dos veículos híbridos plug-in (PHEV), que aceitam recarga externa da bateria, chama a atenção. De janeiro a novembro de 2022, os plug-in alcançaram a marca simbólica de 1% de participação (market share) sobre todas as vendas domésticas de veículos leves.

Já as vendas de todos os eletrificados no período (BEV+PHEV+HEV) chegaram a 2,5% do total (43.657, sobre 1.755.543). Em 2021, esse market share foi de 1,8%.

Para Adalberto Maluf, presidente da ABVE, os números merecem comemoração, mas, ao mesmo tempo, pedem cautela.

“As vendas de novembro confirmam a tendência de alta do mercado de eletrificados leves no Brasil, que cresce consistentemente há mais de três anos”, disse. “Fecharemos 2022 com quase 50 mil emplacamentos, ou cerca de 40% acima de 2021. Ainda assim, estamos distantes dos principais mercados em eletrificação”, afirmou.

No mundo, a participação nas vendas globais de elétricos e híbridos plug-in saltou de 8,6% para 15% do mercado total de veículos neste ano. China e Alemanha já ultrapassaram a marca de 30% de participação dos elétricos e híbridos plug-in no mercado, enquanto a Europa deve fechar o ano com 21% de participação desses veículos nas vendas totais.

“Temos muito a caminhar para criar no Brasil um ambiente realmente favorável às energias limpas no transporte. Precisamos, urgentemente, de um plano nacional em prol da mobilidade elétrica”, concluiu Maluf.

Ler o Anterior

Toyota apresenta novo conceito de carro movido a hidrogênio

Ler o Próximo

Primeiro posto 100% elétrico é inaugurado em São Paulo

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular