Canal VE

25 de fevereiro de 2024

Uber disponibiliza 200 VEs para motoristas no Brasil

Mulher negra dirigindo com um celular na mão. Ela usa luvas e uma camisa preta de manga longa.

Parceria entre empresas vai garantir o aluguel de carros elétricos por motoristas parceiros. Foto:Divulgação/Freepik.

Desde outubro, a Uber disponibilizou 200 veículos elétricos para aluguel por motoristas parceiros que atuam em São Paulo para fortalecer a eletromobilidade no transporte de passageiros. 

Para garantir o aluguel dos carros e a infraestrutura necessária para o bom funcionamento do serviço, o aplicativo firmou acordos com outras empresas do setor, como Localiza, Renault, Raízen, Tupinambá e Carrefour.

Atualmente, seis projetos-piloto com veículos elétricos estão em curso em toda a América Latina, com cerca de mil veículos elétricos. Além do Brasil, Equador, Peru, Chile, México e República Dominicana contam com carros elétricos da Uber. Em breve, a iniciativa também deverá ser expandida para Costa Rica e Colômbia. 

“Continuamos comprometidos com a mobilidade sustentável e acreditamos que, se as cidades apoiarem os motoristas parceiros que utilizam a nossa plataforma, oferecendo melhores condições para que eles mudem seus veículos a combustão para essa tecnologia, a transição geral para o transporte elétrico será mais acelerada”, afirma George Gordon, vice-presidente geral da Uber para a América Latina.

As estratégias da Uber em torno da mobilidade sustentável fazem parte do compromisso do aplicativo de se tornar uma plataforma de emissão zero até 2040.

“Ser uma plataforma zero emissões é um desafio que vai além das ações da Uber, porque este é um objetivo que não podemos alcançar sozinhos. Por isso, iniciamos conversas com montadoras de veículos, governos e nas comunidades onde estamos inseridos para encontrar soluções conjuntas para essa transformação em benefício do planeta”, acrescenta.

Uber Planet

Enquanto a eletromobilidade avança em ritmo lento no Brasil, a empresa aposta em outras formas de promover sustentabilidade nas viagens de passageiros. A Uber Planet é uma delas. 

Os usuários que optam por viajar com o serviço pagam um pequeno valor adicional que é usado para investir em créditos de carbono que compensam o CO2 que chega à atmosfera.

O projeto, nascido na Costa Rica e em seguida lançado em outros oito países e 77 cidades da América Latina, chegou ao Brasil em outubro de 2021. Desde então, 22,5 milhões de usuários fizeram viagens sustentáveis pelo aplicativo, compensando 109 mil toneladas de CO2 na América Latina.

“Na Uber entendemos que, para a América Latina, a transição para veículos elétricos no curto prazo será mais lenta do que em outras partes do mundo, já que o mercado de veículos elétricos e sua infraestrutura ainda estão começando a dar os primeiros passos por aqui. Além disso, o custo desses carros ainda é 2 ou 3 vezes maior em comparação com os veículos convencionais movidos a combustível fóssil, como gasolina”, disse Gordon.

Ler o Anterior

Mercedes anuncia a chegada de três carros elétricos ao Brasil

Ler o Próximo

Brasil já tem frota com mais de 11 mil veículos 100% elétricos

One Comment

  • Quero alugar um carro elétrico para trabalhar com apps

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular