Canal VE

20 de julho de 2024

SC investe mais de R$ 5 milhões em novos carregadores elétricos

Carro elétrico preto estacionado ao lado de estação de recarga

Projeto de corredor elétrico de Santa Catarina vai receber mais carregadores. Fotos: Divulgação/Governo SC.

O governo do Estado de Santa Catarina e a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A.) anunciaram o plano de instalação de mais 10 estações de recarga para veículos elétricos em rodovias de todas as regiões do estado, com investimento de R$ 5,3 milhões.

O projeto do Corredor Elétrico Catarinense já conta com 1.500 km de rodovias cobertas por 34 estações de recarga para veículos elétricos

Estações de recarga estão espalhadas por todas as regiões do estado
Mapa mostra estações de recarga do programa em Santa Catarina. Foto: Divulgação/Fundação Certi.

O lançamento da terceira etapa do Programa de Mobilidade Elétrica do estado faz parte de um pacote de investimentos de R$ 4,5 bilhões no sistema elétrico catarinense até 2026, em diversos setores, anunciado em 9 de maio de 2023 pelo governo estadual e pela Celesc, que inclui construção de novas subestações e ampliação da capacidade das subestações existentes, instalação de novas linhas de distribuição e investimentos em média e baixa tensão, além de projetos estratégicos.

“É um momento ímpar para Santa Catarina, que será beneficiada com o maior investimento da história no sistema elétrico catarinense. Isso representa mais oferta, qualidade e disponibilidade de energia para a população e para quem gera emprego e renda”, disse o governador Jorginho Mello, que chegou ao evento dirigindo um carro elétrico da Celesc.

Governador Jorginho Mello desembarca de carro elétrico branco
Governador de Santa Catarina, Jorginho Mello, experimenta carro elétrico. Foto: Divulgação//Governo SC.

Meta ousada

Nesta nova etapa do projeto dos corredores elétricos em rodovias, realizado por meio do programa de P&D/Aneel da Celesc em parceria com a Fundação Certi, deverão ser instaladas outras 8 estações de recarga semirrápida (com a duração do carregamento de 80% de um veículo entre 3h e 8h) e duas estações ultrarrápidas.

“Com o modelo ultrarrápido a previsão é de que a recarga de 80% da bateria do veículo dure apenas 15 minutos”, contou o diretor de Planejamento, Controles e Compliance da Celesc, Marcos Penna. 

A seleção dos locais onde as novas estações de recarga serão instaladas deverá ocorrer por meio de uma nova chamada pública. Atualmente, cerca de 3 mil veículos híbridos plug-in e puramente elétricos circulam por Santa Catarina.

“Até o ano passado, nos eletropostos instalados desde 2016 em Santa Catarina, foram utilizados mais de 220 MWh de energia elétrica, em mais de 19.300 recargas, mostrando que a mobilidade elétrica evolui cada vez mais no Brasil”, contou Marcos Izumida, pesquisador responsável pelo projeto na Fundação Certi. 

Imagem mostra detalhes da lateral do carro elétrico da Celesc
Corredor Elétrico Catarinense já conta com 1.500 km de rodovias cobertas por 34 estações de recarga. Foto: Divulgação/Governo SC.

Ler o Anterior

BMW amplia linha i4 com versão mais esportiva por R$ 419,9 mil

Ler o Próximo

Curitiba terá 70 ônibus elétricos no transporte municipal em 2024

Deixar uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Popular